Tarrafal: Primeiro-ministro anuncia asfaltagem das estradas Chão Bom/centro da cidade e Calheta/Tarrafal (c/vídeo)

Tarrafal, 14 Jan (Inforpress) – O primeiro-ministro anunciou hoje que o Governo vai “brevemente” lançar o concurso para asfaltagem da estrada Chão Bom/centro da cidade do Tarrafal e que até Junho vai estar concluído o caderno de encargos para asfaltagem do troço Calheta/Tarrafal.

Ulisses Correia e Silva, que fez este anúncio hoje durante a sua intervenção na sessão solene do Dia do Município e santo padroeiro Santo Amaro Abade, que se assinala esta quarta-feira, 15, mostrou-se confiante em trabalhar para o desenvolvimento do Tarrafal, sobretudo na requalificação urbana, ambiental e acessibilidades.

“Vamos fazer não para meter mais asfaltado em cima de estradas, não para apenas inaugurá-las, mas porque são úteis: São estradas que nós queremos que tragam mais economia, mais acessibilidades, mais investimentos, que tragam condições de criação de mais emprego e de mais rendimento”, justificou o chefe do Governo.

“Nós não avaliamos as infra-estruturas por e de per si, porque senão têm pouco valor. É aquilo que vai permitir construir. É com esta mesma ideia que estamos a investir forte na requalificação urbana e ambiental nos municípios, não apenas para os presidentes de câmara e o Governo irem cortar fitas (…)”, reforçou o primeiro-ministro.

Para o chefe do Governo, o mais importante dessas obras é o facto de as mesmas estarem a criar valor, referindo-se ao valor económico, social e ambiental, e ainda por tornarem os lugares mais atractivos, mais bonitos e mais saudáveis para se investir, visitar e residir.

Por tudo isso, afirmou: “Este é o sentido das nossas opções”.

Na ocasião, informou que o concurso para orla marítima desse município do interior de Santiago está em processo, que o da remodelação do antigo Centro de Saúde e da sua transformação num Centro de Emprego e Formação Profissional já foi lançado, e que vão também reabilitar e requalificar o cais de pesca, tendo destacado ainda a construção do pavilhão desportivo municipal a ser inaugurado esta tarde.

Requalificação das localidades e reabilitações de casas e de caminhos vicinais foram apontados também como projectos a serem executados, tendo Ulisses Correia e Silva assegurado que durante a implementação do plano de mitigação dos efeitos da seca, Governo vai dar continuidade a estes programas por criarem condições de melhoria da qualidade de vida das pessoas e das localidades.

Relativamente ao ex-Campo de Concentração, informou que há um contrato de empreitada para reabilitação das obras que será assinado a 31 de Janeiro, obras essas que vão permitir que o campo possa receber o projecto museológico e museográfico.

Sobre ex-campo de concentração, indicou que a em Abril, a equipa técnica estará a trabalhar para preparar o dossier de candidatura para apresentação do Campo de Concentração do Tarrafal a património imaterial da humanidade da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

A nível da juventude, o chefe do executivo fez saber que 227 jovens tarrafalenses beneficiaram de acções de formação e de estágios profissionais e de programas de empreendedorismo, tendo anunciado que o Governo vai aumentar tais programas, que considerou de uma “via para criar oportunidades de empregos e de rendimentos”.

No sector das pescas, o Governo vai financiar embarcações de maiores dimensões, dotando todas as embarcações de kits de segurança, tendo apontando ainda como prioridades do executivo nesse sector a nível nacional a “forte investida” na formação e tratamento do pescado e adaptação de viaturas com equipamentos de frio, que visam permitir o abastecimento aos mercados.

Na agricultura, lembrou que projectos ligados à água têm beneficiado várias localidades, tendo tomado como exemplo o projecto hidroagrícola de Colonato (a ser inaugurado) e o projecto hidroagrícola de Achada Porto, cujo descerramento da placa aconteceu também hoje no âmbito das festividades do município do Tarrafal.

O projecto hidroagrícola de Achada Porto, que beneficia 27 mulheres e três homens, foi financiado pelo Governo de Cabo Verde, o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) e o Fundo Fiduciário Espanhol (FFE), o âmbito do Programa de Promoção de Oportunidades Sócio-económicas Rurais (POSER).

O governante, que teceu elogios ao sector privado, apontou turismo, agro-indústrias e pescas como potenciais sectores para investimentos privados nesse município do interior de Santiago.

Ainda hoje, durante a sua estada no Tarrafal, o primeiro-ministro, que está acompanhado do ministro do Desporto, Fernando Elísio Freire, e do ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva, vai inaugurar o pavilhão desportivo municipal do Tarrafal.

FM/JMV

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap