Sustentabilidade económica continua sendo principal desafio das universidades nacionais – deputada

Cidade da Praia, 14 Jan (Inforpress) – A deputada nacional Celeste Fonseca defendeu hoje que a sustentabilidade económica continua a ser dos principais desafios das universidades nacionais, considerando ser interesse do Estado o incentivo ao ensino superior.

Celeste Fonseca fez esta consideração à Inforpress, após visita ao final desta manhã à Universidade Jean Piaget, realizada no âmbito de várias visitas da 5ª Comissão Especializada de Educação, Cultura, Saúde, Juventude, Desporto e Questões Sociais esta semana às universidades de Santiago.

Conforme apontou a deputada do Movimento para a Democracia (MpD – poder), as universidades têm o mesmo desafio que é da sustentabilidade económica, explicado que a problemática de pagamentos de propinas continua ainda a ter grande impacto no orçamento final dessas instituições.

Disse que uma das formas dos alunos financiarem seu ensino superior é a bolsa empréstimo do banco, mas, realçou, estas vias não têm funcionado devido à visão empresarial dos bancos no tocante a estes empréstimos, pelo que, indicou, acabam por ser muito burocráticos na libertação das quantias e as garantias são muito exigentes.

“Nós vamos levar os subsídios que obtivemos aos Ministério da Educação, porque o Estado e o Governo têm o interesse próprio que a formação superior deve ser estimulada e ter sustentabilidade”, salientou Celeste Fonseca.

A deputada falou também que as visitas pelas universidades em Santiago têm duplo propósito, em primeiro lugar conversar com as reitorias, conhecer mais a fundo essas instituições, os ganhos e os desafios que estão a enfrentar neste momento.

Por outro lado, está relacionada com a aprovação da lei do álcool, e as universidades “têm um papel muito importante” nesta matéria, nomeadamente na divulgação do conhecimento e na mudança de atitudes.

“A nossa responsabilidade como deputados não se esgota com a aprovação da lei, temos também de acompanhar a socialização e a implementação desta lei e a fiscalização”, sublinhou.

A 5ª Comissão Especializada de Educação, Cultura, Saúde, Juventude, Desporto e Questões Sociais visitou hoje nas Universidades Jean Piaget e de Cabo Verde.

Ainda esta semana estão programadas visitas a Universidade de Santiago e Associação dos Estudantes, Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais, ÚNICA, ISCEE e o secretário de Estado para Educação, Amadeu Cruz.

HR/CP

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap