• Save

Sindicato Democrático dos Professores vai apresentar ao Ministério da Educação proposta de revisão dos docentes (c/áudio)

Cidade da Praia, 13 Jul (Inforpress) – O Sindicato Democrático dos Professores (SINDPROF) apresenta na próxima semana ao Ministério da Educação uma proposta para a revisão do estatuto do pessoal docente, revelou hoje à Inforpress a líder desta organização sindical, Lígia Herbert.

“O Ministério da Educação sabe que este estatuto tem lesado a classe dos professores”, disse , esclarecendo os motivos que levam o seu sindicato a pedir a revisão do referido regulamento.

Segundo a sindicalista, se as promoções acontecem em outras classes, na dos professores não devia ser diferente.

“É preciso ver que estamos a falar de professores, de gente que forma gente de uma sociedade”, disse aquela responsável sindical para quem os professores “estão desmotivados”.

Lígia Herbert, que falava à Inforpress, à margem do segundo conselho geral do SINDPROF, disse que ainda há professores que estão a auferir um “salário baixíssimo, ou seja, 20 e poucos contos” e sem pólos universitários nessas ilhas que lhes permitam continuar os seus estudos.

“Estamos a falar, por exemplo, de professores em S. Nicolau, Santo Antão e no Fogo, que não conseguem disputar de igual para igual com um professor da Cidade da Praia ou de S. Vicente, porque não há pólos universitários”, precisou a presidente do Sindicato Democrático dos Professores, lamentando que esses docentes não têm condições de fazerem licenciatura e muito menos o mestrado.

Segundo ela, esses jovens procuram transferências, que são “legítimas”, porque precisam também de estudar e, para isso, têm que estar em ilhas onde há universidades.

Questionada sobre os docentes que, segundo ela, auferem salários de pouco mais de 20 mil escudos, esclareceu que é por isso que querem alteração ao actual estatuto.

Na sua perspectiva, um professor com esse salário “não tem como estudar, sustentar a família e mandar os filhos na escola”.

Na reunião do conselho geral do SINDPROF estão presentes representantes de todos os concelhos do país.

LC/JMV

Inforpress

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap