São Vicente: Presidente da AN classifica de “normal” situação da ilha com “cada órgão a fazer a sua parte” (c/áudio)

Mindelo, 29 Set (Inforpress) – O presidente da Assembleia Nacional (AN) disse ser “normal” a situação vivida em São Vicente e na qual “cada órgão está a fazer a sua parte” para o poder ser exercido dentro dos limites impostos pela Constituição.

Austelino Correia falava à imprensa hoje, no Mindelo, após uma visita de cortesia ao presidente da Câmara Municipal de São Vicente, Augusto Neves.

O responsável máximo da Assembleia Nacional escusou-se a aprofundar muito os assuntos discutidos com o autarca, e disse que o encontro não era tanto no quadro de uma visita a São Vicente, mas, mais para reforçar o convite para a participação na conferência sobre os 30 anos da Constituição da República, a realizar-se, em São Vicente, nesta sexta-feira, 30.

“Mas, procurei entrar em contacto com o presidente para saber quais as dificuldades, quais os constrangimentos, quais as perspectivas para o desenvolvimento”, sustentou Austelino Correia, adiantando que recebeu a resposta que “as coisas estão a correr bem” e que o edil está “encorajado” a enfrentar as dificuldades apresentadas pela “tripla crise”.

Instado a comentar como vê a situação da ilha, a mesma fonte disse ser “normal” com os três órgãos, câmara municipal, assembleia municipal e o próprio presidente, a fazer a sua parte.

“São órgãos todos eles legítimos e compete a cada fazer a sua parte e cada órgão controlar o outro órgão para que o poder possa ser exercido dentro dos limites que impõem a nossa constituição e as leis da República de Cabo Verde”, advogou.

Austelino Correia preside na sexta-feira, 30, a conferência denominada “A Constituição e os direitos em tempos de crise”, no Centro Cultural do Mindelo, envolvendo a classe jurídica, académica e estudantil.

LN/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos