• Save

São Vicente: Participantes da Catchupa Factory apresentam trabalhos na exposição “Entre outras coisas”

Mindelo, 20 Jun (Inforpress) – Os participantes da residência artística de fotografia Catchupa Favtory, que decorre em São Vicente desde 30 de Maio, apresentam hoje o resultado dos trabalhos realizados numa exposição denominada “Entre outras coisas”, no Centro Cultural do Mindelo.

Esta mostra, segundo avançaram elementos da Associação Olho de Gente (AOJE), a organização pretende, assim, divulgar todos os trabalhos feitos pelos nove participantes, nestas últimas três semanas, desde desafios dados pelos formadores, como ainda da iniciativa dos próprios formandos.

O evento, a ser realizado no Centro Cultural do Mindelo, no início da noite desta quinta-feira, conta com o financiamento do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, um dos parceiros angariados para esta quarta edição.

Este programa de incentivo à criação artística em formato de residência artística, dirigido a fotógrafos e artistas emergentes dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), conseguiu, neste ano, também o financiamento da Fundação Calouste Gulbenkian, garantido para mais três edições futuras, que permitiu aumentar a duração da residência artística para mais uma semana, além das duas que têm sido habituais nos anos anteriores.

Esta terceira semana, de acordo com a organização, fora dedicada quase que exclusivamente à parte da exposição final destes fotógrafos, alguns experientes e outros menos, oriundos de países como Angola, Moçambique, Cabo Verde e a sua diáspora.

A divulgação dos resultados finais está prevista para 02 de Abril, em que serão conhecidos os escolhidos pelo júri, constituído por Diogo Bento e Rita Raínho da AOJE, pela formadora Michelle Loukidis, da África do Sul, e ainda Paula Nascimento (Angola) e John Fleetwood (África do Sul), que são os curadores convidados.

Durante as três edições anteriores do Catchupa Factory, conforme a organização, já passaram pela residência artística 36 fotógrafos e artistas dos PALOP.

LN/CP

Inforpress/Fim