Santo Antão: Dez mil plantas produzidas pela Amupal vão ser fixadas no perímetro do Planalto Leste

Porto Novo, 12 Mar (Inforpress) – Dez mil plantas vão ser fixadas, este ano, no perímetro florestal do Planalto Leste, em Santo Antão, no quadro do projecto de recuperação dessa reserva florestal, alvo, em 2018, de um incêndio, que consumiu 200 hectares da floresta.

As plantas foram já produzidas pela Associação das Mulheres do Planalto Leste de Santo Antão (Amupal), com financiamento do Ministério da Agricultura e Ambiente, que espera, em três anos, recuperar o perímetro florestal, num investimento a rondar os 30 mil contos.

A presidente da Amupal, Josefa Sousa, confirmou que as plantas estão já produzidas e à disposição do MAA para ser fixadas no âmbito das acções de reflorestação previstas para Planalto Leste, ao longo deste ano.

Alem de produção de plantas, essa associação tem estado, também, a desenvolver acções de limpeza da floresta, no âmbito do projecto de recuperarão do perímetro florestal.

Segundo o MAA, cerca de 42 mil mudas de plantas (pinos, acácias) serão fixadas no Planalto Leste, com a implementação do plano de recuperação do perímetro, declarado reserva florestal em 1990.

JM/JMV

Inforpress/Fim

Scroll to Top