Santa Cruz: Responsável aponta condições infra-estruturais como “maior desafio” da Escola Secundária Alfredo Silva (c/áudio)

Pedra Badejo, 22 Jan (Inforpress) – A Escola Secundária Alfredo da Cruz Silva (ESACS), Santa Cruz, comemora hoje o seu 26º aniversário e a directora, Salvadora Moreira, aponta como “maior desafio” a reabilitação da infra-estrutura, que carece de uma “intervenção profunda”.

“O nosso maior desafio tem a ver com a nossa infra-estrutura que carece de uma intervenção profunda e também falta de alguns materiais, nomeadamente mesas, cadeiras, e materiais na sala de informática”, revelou Salvadora Moreia, em declarações à Inforpress.

Tendo em conta que, segundo ela, a direcção da escola já apresentou o projecto da reabilitação ao Ministério da Educação, mostrou-se convicta de que a tutela vai resolver o problema da infra-estruturação desta única escola secundária do município de Santa Cruz, interior de Santiago.

Apesar de apontar “problemas” a nível de mobiliário e infra-estrutura que já tem sinais de degradação, destacou o facto de a escola, que conta com 2.084 alunos, orientados por 132 professores ter conseguido no primeiro trimestre uma taxa de aproveitamento escolar de 78,12 por cento (%), e 95 alunos quadro de honra e 13 alunos quadro de excelência.

Na ocasião, aproveitou e fez um “balanço positivo” dos últimos 26 anos, tendo assegurando que a ESACS por ser a única escola secundária nesse município do interior de Santiago quer continuar a ser o “celeiro de formação de quadro” para bem de Santa Cruz.

Para comemorar os 26 anos, a instituição tem previsto para hoje um leque de actividades culturais, desportivas e recreativas, que principiou com uma missa em memória ao patrono na igreja matriz de Pedra Badejo, e entrega de certificado aos alunos do quadro de honra e excelência e de mérito aos alunos.

FM/AA

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap