• Save

Santa Catarina: Moreia Festival arranca sexta-feira na Ribeira da Barca com 15 stands de operadores económicos locais (c/áudio)

Assomada, 18 Jul (Inforpress) – A segunda edição do Moreira Festival, que tem como palco a vila piscatória de Ribeira da Barca, no concelho de Santa Catarina, ilha de Santiago, arranca esta sexta-feira, com 15 stands de alimentação destinados aos operadores económicos locais.

A informação foi avançada hoje à Inforpress, pelo vereador do pelouro da Economia Local e Inovação, Péricles Brito, garantido que, de momento, todos os contactos já foram feitos, sobretudo com os expositores, e que o programa, a programação cultural e os workshops já “todos estão fechados”.

Ou seja, ajuntou que, tudo vai estar pronto para o arranque da feira gastronómica de três dias, aprazada para a partir das 17:00 desta sexta-feira, que a seu ver, vai dinamizar comunidade de Ribeira da Barca, cujas obras de requalificação da orla marítima encontram-se na fase final de conclusão.

É que segundo ele, ainda hoje, o palco e todos os 15 stands de alimentação vão estar montados para o arranque da iniciativa que, tem como objectivo promover e valorizar a gastronomia local, tendo em conta que, segundo ele, o turismo ligado à gastronomia tem-se tornado num “atractivo turístico” em todo mundo.

Relativamente aos stands de alimentação, em que os “feirantes” vão contribuir com 1.000 escudos, o autarca informou que além dos visitantes degustarem este produto muito aceite [moreia frita] por quem visita este município do interior de Santiago, as pessoas vão ter ainda a oportunidade de degustarem todos os produtos do mar, a gastronomia local e ainda comprar peixes frescos ali mesmo.

Péricles Brito avançou que a segurança do certame vai ser garantida por seguranças de uma empresa privada, Polícia Nacional, fiscais municipais, Bombeiros e Protecção Civil, aproveitou para avisar que o evento vai ter uma “fiscalização rigorosa”.

Informou, a propósito, que não será permitida venda por parte das pessoas ao redor e dentro do espaço definido para acolher o certame e que as pessoas podem fazer as suas vendas fora do perímetro definido pela edilidade de 100/200 metros.

Na ocasião, o autarca assegurou que “Moreia Festival” que faz parte de uma das actividades de Verão de Santa Catarina, vai ter continuidade nos próximos anos, e com “maior destaque” e ainda aberta aos promotores de outros municípios.

O responsável que convidou as pessoas a se deslocarem àquela vila piscatória, apelou, igualmente, ao civismo e para que as mesmas tenham atenção à questão do saneamento, ou seja, para que não jogarem o lixo no chão, visando manter os espaços bem limpos.

Paralelamente ao evento serão realizadas actividades náuticas, em que as pessoas vão ter a oportunidade de darem passeios de botes aos “pontos turísticos” próximos da localidade de Ribeira da Barca, nomeadamente, Águas Belas, Pilão (Achada Leite) e baía de Angra.

Constam ainda do evento venda de artesanato, animação cultural com actuação de grupos de batuco Pé di Polon, Teló, Mudjeris de Rincon, Gilson Furtado (19 de Julho), grupos de batuco Ana Veiga, Fidjus de RB, Six Finger’s e Fidjus di Code di Dona (20 de Julho), grupo de batuco Txabi Nobo, Vi e Nu Dog, PCC e Benvindo e Nola (21 de Julho), sendo que a animação musical vai estar a cargo dos DJ 100 Juiz e Ballas Pro e apresentação do MC Neguinho.

Tendo em conta que a localidade é afectada pela apanha de areia vai-se realizar um workshop sobre esta problemática, subordinado ao tema “impacto da apanha de areia na saúde ambiental” e ainda sobre a “importância do turismo para o desenvolvimento local”, todos no dia 20 de Julho.

A feira gastronómica, organizada pela Câmara Municipal de Santa Catarina e que conta com patrocínio de uma empresa de telecomunicações, está orçada em 1.500 contos.

FM/CP

Inforpress/Fim