• Save

Sal: PM assegura que 37% do Fundo do Turismo destina-se a financiamento de projectos na ilha (c/áudio)

Espargos, 13 Set (Inforpress) – O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, assegurou hoje no Sal que 37 por cento (%) dos recursos do Fundo do Turismo afectados ao financiamento de projectos de requalificação urbana e ambiental destina-se à ilha mais turística do país.

Ulisses Correia e Silva partilhou a informação na sessão solene alusiva à celebração do Município do Sal, assinalado a 15 de Setembro em homenagem à Nossa Senhora das Dores, e a que presidiu, porém, por proposta da Câmara Municipal do Sal, a comemoração oficial foi antecipada para hoje.

Feitas as contas, já que Sal é a ilha que “mais contribui” para o Fundo do Turismo, estribado nessa adição, o chefe do Governo disse que também é a ilha que “mais recebe em troca” para investimentos que melhoram a qualidade do destino turístico.

“São um milhão, cento e setenta mil contos para o horizonte 2017/2021. São estes recursos que têm permitido investir, em parceria com a Câmara Municipal do Sal, em projectos importantes como a requalificação dos bairros de Alto Santa Cruz, Alto São João e Terra Boa”, enunciou, lembrando, ao mesmo tempo, que a pedonal de Santa Maria, a requalificação da frente marítima, o calçadão de Santa Maria, e a reabilitação do Pontão, fazem parte deste pacote, porém em processos de concurso em andamento.

Ainda nessa sua explicação baseada em números, Ulisses Correia e Silva comunica que 57 mil contos estão a ser investidos em projectos de requalificação ambiental, 480 mil contos no saneamento de Espargos, 1,2 milhões de contos no reforço da capacidade de produção e distribuição de água e 2,6 milhões de contos na expansão do parque de produção de energia.

“Sal está no caminho certo. Estamos a cumprir com o Sal e vamos melhorar ainda mais. É inegável que a economia da ilha está a crescer”, exteriorizou, ciente dos problemas que ainda existem.

“Mas a melhor postura é ser positivo, acreditar, participar com soluções”, considerou o chefe do Governo referindo que, para além da economia, a agenda de desenvolvimento do Sal passa por sectores “importantes” como a segurança, a saúde e educação, não obstante os avanços registados.

Na celebração de mais um aniversário do município do Sal, Ulisses Correia e Silva considera que a ilha regista um “bom dinamismo económico”, confiante, conforme disse, no caminho que está a percorrer.

“Estamos melhor…? Estamos. Estamos no caminho certo? Estamos. Que isto vai melhorar ainda mais? Vai… disso não tenho dúvidas”, argumentou, finalizando.

SC/CP

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap