Regina Duarte deixa Secretaria da Cultura do Brasil para assumir Cinemateca

Brasília, 20 Mai (Inforpress) – O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, anunciou hoje que a secretária especial da Cultura, a actriz Regina Duarte, deixará o cargo para assumir a Cinemateca em São Paulo.

“Regina Duarte relatou que sente falta da sua família, mas para que ela possa continuar a contribuir com o Governo e a Cultura Brasileira assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em São Paulo. Nos próximos dias, durante a transição, será mostrado o trabalho já realizado nos últimos 60 dias”, escreveu o chefe de Estado nas redes sociais.

A actriz Regina Duarte, conhecida pela participação em muitas novelas famosas produzidas no Brasil, assumiu no início de Março o cargo de secretária da Cultura do país e, no discurso de posse, ofereceu-se para “pacificar” a relação do Governo com o sector.

Entre os seus papéis mais reconhecidos como actriz estão o da viúva Porcina, em “Roque Santeiro” (1985), e a jornalista Malu, da série “Malu Mulher” (1979), um enredo feminista que abordava questões como sexo, aborto e drogas.

Inforpress/Lusa

Fim

 

Scroll to Top