PROCULTURA PALOP-TL: Diversidade recebe 28 candidaturas por parte de Cabo Verde – organização (Rectificada)

Cidade da Praia, 08 Mai (Inforpress) – Das mais de 80 propostas para implementação de pequenos projectos ou acções culturais nos PALOP-TL recebidas no âmbito do primeiro ciclo de candidaturas do Diversidade, 28 são candidaturas de Cabo Verde.

A Informação foi avançada hoje pelo Centro Cultural Português (CCP), que gere o programa Diversidade (instrumento de financiamento para a diversidade cultural, cidadania e identidade) em Cabo Verde, tendo informando que o primeiro ciclo de candidatura terminou no dia 30 de Abril, e que as propostas que deverão ser financiadas já estão em análise.

“No total dos seis Países de Língua oficial Portuguesa (PALOP) e Timor-Leste, foram recebidas mais de 80 propostas para implementação de pequenos projectos ou acções nos sectores culturais, das quais 28 em Cabo Verde”, informou o CCP num comunicado divulgado no site.

O documento informa que no dia 01 de Maio teve início um novo ciclo de candidaturas, permitindo aos actores culturais o acesso a financiamento de projectos ou acções até 20 mil euros.

Neste segundo clico, sublinhou, o regulamento foi adaptado para apoiar a mitigação das consequências económicas e sociais da pandemia da covid-19 no sector cultural.

“De forma a mitigar as consequências económicas da pandemia da covid-19, o Diversidade passará também a aceitar projectos que contribuam para a preservação de postos de trabalho em negócios do sector cultural, e, simultaneamente, reforçar a diversidade cultural no Pais” informou.

As alterações, ajuntou, incluem ainda um ciclo de análise e aprovação mais célere, o reforço da elegibilidade de projectos `online/ digitais na área cultural, bem como a simplificação de procedimentos de concurso para projectos até 2 mil euros.

Os interessados podem submeter as suas candidaturas através de formulário disponível no https:www.instituto-camoes.pt/activity/o-que fazemos/cooperação/actuação/financiamos/diversidade.

O Diversidade é uma actividade do projecto de Promoção de Emprego nas actividades geradoras de rendimento no sector cultural nos PALOP e Timor Leste (PROCULTURA PALOP-TL), financiada pela União Europeia, co-financiada e gerida pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, IP e co-financiada também pela Fundação Calouste Gulbenkian.

(Nova versão que rectifica a notícia. Foram recebidas 28 candidaturas nesta primeira fase que estão em avaliação, e não foram financiadas, ainda.)

AM/JMV

Inforpress/Fim

Scroll to Top