Praia: Tribunal aplica TIR para suposto integrante de grupo suspeito de assaltar funcionário público

Cidade da Praia, 15 Jan (Inforpress) – O Tribunal da Comarca da Praia decretou termo de identidade e residência (TIR) e apresentação periódica para um homem suspeito de coautoria na prática de um crime de roubo com violência contra pessoa e um crime de armas.

A informação é avançada pela Polícia Judiciária (PJ), dando ainda conta que deteve o mesmo na sequência do cumprimento de um mandado do Ministério Público, esta quarta-feira, fora de flagrante delito.

O indivíduo, de 22 anos, é residente na localidade do Paiol, arredores da cidade da Praia.

Segundo a PJ, o mesmo é suspeito de integrar um grupo de quatro elementos suspeitos de assaltarem um funcionário público, no passado dia 14 de Junho de 2019, no bairro de Lém Cachorro, na Praia, subtraindo-lhe vários objectos, entre os quais uma arma de fogo.

De acordo com a mesma fonte, os restantes três indivíduos foram detidos na altura do crime, tendo todos ficado sob TIR.

Este quarto suspeito foi presente hoje ao Tribunal da Comarca da Praia, que lhe aplicou TIR e apresentação periódica.

GSF/CP

Inforpress/fim

Scroll to Top