Praia: Promotores da formação em Artes e Cabedal e Empreendedorismo desafiam jovens a procurar financiamento

Cidade da Praia, 11 Out (Inforpress) – O director do Espaço Aberto Safende, Henrique Vera Cruz, desafiou hoje os 27 jovens, que concluíram a formação em Técnicas Produtivas em Artes e Cabedal e Empreendedorismo, a procurar financiamentos para seus planos de negócios.

Henrique Vera Cruz, que falava à Inforpress, à margem do encerramento da formação, disse que o objectivo desta iniciativa é dar aos jovens oportunidades para entrarem no mercado de trabalho.

Conforme afirmou, esses formandos estão capacitados para criarem os seus negócios, oferecendo emprego para outros jovens.

“Para além da aula prática em arte e cabedal, tiveram a capacitação em empreendedorismo, por forma a saberem como montar um plano de negócio”, salientou.

Por sua vez, o director do projecto, da Plataforma das ONG, Mário Moniz, aconselhou os jovens a iniciarem o seu negócio mesmo com “poucos recursos”.

“O desafio dos actores do desenvolvimento local é fazer muito, mesmo com poucos recursos”, demonstrou, apelando aos jovens para darem utilidade à sua formação, procurando financiamentos em instituições que trabalham no sector do empreendedorismo.

A formanda Eneida Almada fez um balanço “muito positivo” desta acção de capacitação, invocando aos promotores, mais iniciativas do tipo.

“Eu encaro esta iniciativa como um auto-emprego”, declarou, acrescentando que já começou a produzir e vender os seus produtos.

“O meu objectivo maior é criar uma empresa e ensinar outros jovens. Sei que o caminho não é fácil, mas pouco a pouco vou conseguir”, enfatizou.

Orçada em 396 mil escudos, a formação em Técnicas Produtivas em Artes e Cabedal e Empreendedorismo foi financiada pelo Ministério da Família e Inclusão Social, através da Plataforma das ONG.

WM/CP

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap