Portugal: Tiago Vasconcelos dos Santos apresenta obra sobre eficiência do sector bancário em Cabo Verde (c/áudio)

Lisboa, 09 Dez (Inforpress) – O bancário cabo-verdiano Tiago Vasconcelos dos Santos apresenta hoje, em Lisboa, o livro “Eficiência do sector bancário e os seus determinantes: o caso de Cabo Verde”, como um contributo para o desenvolvimento do sistema financeiro de Cabo Verde.

Em declarações à Inforpress, em Lisboa, o autor disse que pretende que haja um “reforço da temática de gestão empresarial eficiente”, através da utilização de metodologias de análise de eficiência de empresas, como mais uma ferramenta útil (em complemento com os tradicionais) na tomada de decisão por parte de diferentes intervenientes.

“A publicação deste livro é uma forma de dar o meu humilde contributo, desde logo, para o desenvolvimento do sistema financeiro de Cabo Verde, particularmente o sector bancário, através da análise da eficiência do sector e identificar alguns dos principais determinantes da eficiência do nosso sector bancário”, frisou.

Igualmente, pretende contribuir para o aumento do portfólio de estudos/livros sobre o sistema financeiro nacional e consequente reforço do grau de literacia financeira em Cabo Verde, mas também aumentar o leque de estudos sobre o tema nos países pequenos e não desenvolvidos, já que a maioria dos estudos foram realizados em países desenvolvidos.

O autor é de opinião que a sua obra possa servir de base para outros estudos sobre o sector bancário no arquipélago, algo que ele mesmo pode dar continuidade, visto que ficaram muitos dados para serem aprofundados, apelando, no entanto, autores de outros estudos sobre o assunto, a fazer a sua publicação em livro e darem o seu contributo nesta área.

Sobre o sector bancário em Cabo Verde, Tiago Vasconcelos dos Santos considerou que, com base nos dados do BCV, “é resiliente, com alguma estabilidade, apesar dos riscos e incertezas quanto à recuperação económica no período pós-pandemia”, apresentando “melhoria contínua nos principais indicadores”.

“O sector bancário e os bancos, em particular, desempenham um papel importantíssimo para o crescimento económico. Nenhuma economia torna-se forte ou robusta, sem o contributo forte por parte dos bancos. Estudos realizados comprovam que bancos eficientes contribuem para o crescimento sustentável dos seus países”, sublinhou.

Segundo ele, os bancos em Cabo Verde têm um “peso significativo” dentro do sistema financeiro (de cerca de 97% e só os bancos comercias tinham um peso de cerca de 75%), o que é “revelador da sua importância”, entendendo que a melhoria contínua da eficiência é determinante para o crescimento económico.

A obra de cerca de 250 páginas tem o prefácio do vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças, Olavo Correia, e do professor associado da Universidade Lusófona de Lisboa, Eduardo Tomé, que também é apresentador da obra, juntamente com António Augusto Costa.

“Eficiência do sector bancário e os seus determinantes: o caso de Cabo Verde”, resulta do trabalho académico desenvolvido no âmbito do mestrado em Gestão de Empresas pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Lisboa, Portugal.

Tiago Vasconcelos dos Santos, mestre em Gestão de Empresas, pós-graduado em Gestão Bancária e licenciado em Gestão de Empresas, é bancário, professor universitário e formador profissional nas áreas de Economia, Gestão e Gestão Bancária, e é co-autor, juntamente com os irmãos, do livro: “Tiago, uma vida”, em homenagem ao seu falecido pai, Tiago Pedro Amadeu Furtado dos Santos.

Com a chancela da editora luso-brasileira Lisbon International Press, do Grupo Editorial Atlântico, a apresentação da obra acontece no Auditório da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias de Lisboa, a partir das 17:00 (16:00 em Cabo Verde), e no dia 16 de Dezembro, na Cidade da Praia.

DR/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos