Porto Novo: Edilidade admite “grande expectativa” à volta da criação do ensino superior em Santo Antão

Porto Novo, 12 Jan (Inforpress) – A instalação do Instituto de Ciências e Tecnologias Agrárias de Santo Antão, cujo processo ficará concluído até Junho, a primeira experiência de ensino público superior na ilha, está sendo “acolhida com grande expectativa” pelos santantonenses.

A conclusão é da edilidade porto-novense, que destaca como sendo “histórico” o facto de Santo Antão receber, pela primeira vez, um estabelecimento público de ensino superior, criado, formalmente, em finais de 2019, no quadro da institucionalização da Universidade Técnica do Atlântico, com sede em São Vicente.

Através de uma nota, a câmara do Porto Novo disse acreditar que a criação do Instituto de Ciências e Tecnologias Agrárias de Santo Antão, que abre as portas no arranque do ano lectivo 2020/2021, tem criado “grande expectativa” no seio dos autarcas e da própria população, desta ilha.

A criação deste instituto “visa o desenvolvimento do sector agrícola em Santo Antão, passando de uma agricultura tradicional para uma agricultura com base científica e mais sustentável”, adianta a autarquia, segundo a qual os santantonenses têm agora “oportunidades de se qualificarem e de se valorizarem”.

O decreto-lei que cria a Universidade Técnica do Atlântico, da qual faz parte o Instituto de Ciências e Tecnologias Agrárias de Santo Antão, entrou em vigor a partir do dia 01 de Janeiro, data que marcou o arranque da fase de instalação destes estabelecimentos de ensino superior.

JM/CP

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap