Porto Novo: Comunidades clamam por um programa de recuperação das estradas carroçáveis

Porto Novo, 29 Set (Inforpress) – As comunidades no interior do município do Porto Novo, em Santo Antão, clamam, nesta altura, por um programa de recuperação das acessibilidades, que ficaram destruídas durante as chuvas ocorridas durante o mês de Setembro.

Além das estradas de terra batida, os caminhos vicinais ficaram também danificados pelas enxurradas, situação que está a preocupar moradores de vários povoados, segundo constatou a Inforpress no local.

Planalto Norte é um dos casos “mais preocupantes”, segundo o porta-voz dos moradores, Fidel Neves, que alertou para o isolamento desta parcela do território municipal, onde várias comunidades continuam encravadas.

Fidel Neves propôs assim a implementação de um programa de recuperação dos acessos que ficaram destruídos durante as chuvas.

Também na Ribeira dos Bodes, as chuvas danificaram a estrada, que precisa de intervenções, segundo os residentes.

Henrique da Luz, porta-voz da comunidade, defende a construção de “uma estrada condigna” para desencravar a Ribeira dos Bodes, lembrando que a construção da estrada é “um compromisso” do Governo.

Os caminhos vicinais em várias localidades precisam ser recuperados, segundo os populares, informando que há muitas zonas, cuja ligação depende ainda desses acessos, que ficaram intransitáveis.

É o caso do caminho de acesso a Pascoal Alves, que, na zona Norte, que já antes das chuvas estava em “péssimo estado”, segundo o morador Manuel Gomes.

JM/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos