Partido Popular pede demissão do ministro da Agricultura por resposta tardia no combate de pragas

Cidade da Praia, 13 Out (Inforpress) – O Partido Popular pediu hoje a demissão do ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva, sustentando que o governante teve uma actuação tardia no combate de pragas no município de São Domingos.

Este foi um dos assuntos da reunião quinzenal da direcção nacional do Partido Popular, que esteve reunida esta manhã, na sua sede, em Achada de Santo António, e tornado público pelo secretário-geral, Juvenal Furtado.

Segundo o dirigente, houve também uma redução no orçamento que tinha sido contemplado no combate às pragas, propondo que se deveria utilizar os pesticidas liquidas, tendo em conta que apresenta resultados mais eficazes.

O Programa de Requalificação, Reabilitação e Acessibilidades (PRRA) também entrou na agenda dos populares, que consideraram que  é uma “verdadeira campanha” do Governo, e que os modos de utilização das verbas neste processo deveriam ser geridos de outra forma.

Assim, explicou que o sector que deveria “ser priorizado pelo Executivo é a saúde”, uma vez que sem essa condição não existe habitação.

O PP colocou também  na agenda os transportes marítimos, referindo que o partido não aprova o concurso realizado e que houve grandes irregularidades, ignoradas pelo Governo.

Juvenal Furtado avançou que a empresa que ganhou o concurso não respeitou ainda o caderno de encargos com o qual conseguiu vencer o concurso e operar no país.

HR/JMV

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap