• Save

Partido Popular critica orçamento destinado ao Presidente da República (c/áudio)

Cidade da Praia, 09 Jun (Inforpress) – O Partido Popular (PP) criticou hoje o orçamento destinado ao funcionamento do Presidente da República de Cabo Verde, considerando que o mesmo é superior ao destinado à Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente de Portugal.

Esta constatação foi feita pelo vice-presidente do PP, Felisberto Semedo, durante o balanço da sua reunião quinzenal, em que o partido questionou os fracos recursos destinados para a melhoria dos cuidados de saúde em Cabo Verde, principalmente no Hospital Agostinho Neto, enquanto que o Presidente da República de Cabo Verde tem “um bom orçamento”.

Segundo o dirigente do PP, Jorge Carlos Fonseca “não exerce a sua influência” em defesa de melhor saúde, mais emprego e melhor desenvolvimento em Cabo Verde porque “não é imparcial e faz parte do sistema”.

“Só poderia fazer isso se tivéssemos um Presidente da República mais imparcial, mais independente. Temos um Presidente da República que é presidente do sistema. Tanto assim é que ele é ele que cria um programa “Menos álcool mais vida, enquanto isso há desperdício de vida nas proximidades do Palácio da Presidência”, sustentou Felisberto Semedo, citando como exemplo o consumo de álcool por parte de jovens durante o festival da Gamboa.

“Depois da Gamboa vê-se a quantidade de copos descartáveis que foram usados por jovens que estavam chupando álcool durante toda a noite. Há uma degradação de jovens e milhares de copos a ir no vento”, concretizou.

Por causa, disso, o vice-presidente do Partido Popular classifica a campanha “Menos álcool mais vida” como “uma fantochada para o Presidente da República sair mais bonito na fotografia”.

CD/CP

Inforpress/Fim