Parlamento: MpD destaca visão do Governo na implementação de políticas que impulsionam o crescimento económico

Cidade da Praia, 25 Abr (Inforpress) – O MpD destacou hoje a boa visão do Governo na implementação de políticas que impulsionam o crescimento da economia, apontando boas perspectivas de continuidade em 2019.

O deputado Luís Carlos Silva fez esta intervenção, durante a declaração política do Movimento para a Democracia (MpD-poder), avançando que o relatório do Banco de Cabo Verde (BCV), sobre o crescimento económico, indica a consistência das políticas voltadas para o sector económico.

Conforme disse, o banco central no seu relatório faz “largos elogios” à economia, à robustez e consistência de políticas implementadas pelo Governo, bem como o impacto positivo na vida das pessoas.

Referiu que o documento passa a pente fino o estado da economia cabo-verdiana, e é “peremptório o diagnóstico”, que diz de forma central “o fortalecimento da economia” com o crescimento do PIB real, estimado em 5,5 por cento (%) e para a manutenção da taxa de desemprego em 12,2%.

“O relatório diz ainda que a economia nacional continuou a beneficiar em boa medida, do efeito da implementação de reformas na administração tributária”, sublinhou, ajuntando que este factor conferiu espaço orçamental para ajustamentos salariais e benefícios sociais, assim como para progressão e implementações de carreiras em diversos serviços do Estado.

Segundo o deputado do MpD, o relatório do BCV, passa também revista a uma série de indicadores que “deixam transparecer” o sucesso da trajectória de governação desses três anos, mesmo tendo em consideração um período num quadro de constrangimentos de alguns sectores essenciais, como os transportes, aéreo e marítimo, o excesso da dívida pública e os dois maus anos agrícolas.

“Uma outra boa notícia é a oferta monetária, que segundo o documento cresceu na sequência da redução das disponibilidades líquidas sobre o exterior dos bancos e do aumento moderado do crédito ao sector privado”, sustentou.

Luís Carlos Silva fez referência ainda “às boas previsões para 2019”, em que o BCV assume e reconhece “a surpreendente performance da economia”, dizendo que o desenvolvimento económico recente e as expectativas de aumento dos estímulos orçamentais, expressos no Orçamento de Estado, favorecem uma revisão em alta das projecções de crescimento económico de 2019.

Por isso, precisou que esses dados reflectem a nova visão da política deste Governo, tocando dois pilares centrais da estratégia governamental, nomeadamente o crescimento económico e o desemprego.

“A única forma de combater o desemprego, sobretudo o desemprego jovem é pela via do rendimento das famílias, através do trabalho, pelo que por sua vez, só será possível pelo crescimento económico”, ressalvou.

Para finalizar, salientou que o Governo encontrou um país com crescimento “apático” e hoje está a construir um país resiliente, com crescimento robusto e resistente.

HR/ZS

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap