ONU-Habitat e Morabi implementam programa participativo de melhoria dos assentamentos informais

Cidade da Praia, 12 Mai (Infopress) – A ONU-Habitat, em parceria com a Morabi, efectua terça-feira, na sede nas Nações Unidas, o lançamento da implementação do programa participativo de melhoria de bairros informais (PSUP III) na vertente de mobilização social e comunitária.

O encontro, em que está prevista a participação dos principais actores para a implementação do programa, tem por objectivo, segundo fonte de ONU-Habitat, a reflexão conjunta sobre a metodologia participativa de intervenção nos assentamentos informais e o estabelecimento conjunto do cronograma das atividades.

O evento, de acordo com a mesma fonte, contará com um momento simbólico de troca de pastas do acordo de cooperação assinado entre as duas organizações, no valor de 118 mil dólares (11,5 mil contos), por um período de seis meses.

O programa PSUP foi implementado em Cabo Verde desde 2009 em parceria com o Governo e com as câmaras municipais e, nesta fase, implementa-se os projectos piloto prioritários de mobilização comunitária e de intervenção nos assentamentos informais.

Em 2019, o acordo de implementação será ainda assinado entre a ONU-Habitat e as câmaras seleccionadas de Praia, São Vicente, Sal e Boa Vista, resultando do financiamento da ONU-Habitat, do próprio Governo de Cabo Verde e da União Europeia, visando a melhoria dos assentamentos humanos no país.

O PSUS visa contribuir para a melhoria das condições de vida das populações urbanas, fornecendo suporte técnico para os países da África Caraíbas e do Pacifico (ACP), de modo a enfrentarem a natureza multidimensional do desafio da rápida urbanização.

Este programa é implementado em mais de 100 países, mais especificamente em mais de 30 países africanos, das Caraíbas e do Pacífico.

PC/CP

Inforpress/Fim