Novo balanço aponta para 74 mortos e 26 desaparecidos após sismo de 6,8 graus na China

Chendu, 07 Set (Inforpress) – Um total de 74 pessoas morreram e 26 continuam desaparecidas após a ocorrência, segunda-feira, de um sismo de 6,8 graus no condado de Luding, na Província de Sichuan, sudoeste da China, segundo um novo balaço das autoridades locais.

Segundo a Xinhua, a sede de resgate da Prefeitura Autônoma Tibetana de Ganzi disse que 40 pessoas morreram, 14 estão desaparecidas e 170 ficaram feridas em Ganzi até as 21:00 de terça-feira.

Na cidade de Ya’an, 34 morreram, 12 continuam desaparecidas e 89 ficaram feridas até a noite de terça-feira, disse o departamento de gerenciamento de emergências da cidade.

O terremoto atingiu o condado de Luding em Ganzi às 12:52 de segunda-feira, de acordo com o China Earthquake Networks Center.

Inforpress/Xinhua

Fim ■

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos