Missão espanhola realiza 315 cirurgias de catarata de um total de 355 a concluir ainda hoje

Cidade da Praia, 09 Dez (Inforpress) – A missão espanhola da Fundação Elena Barraquer e Ruta de la Luz realizou 315 cirurgias de catarata de um total de 355 que se pretende concluir até hoje à tarde no Hospital Universitário Dr. Agostinho Neto.

A informação foi avançada em conferência de imprensa pelo director clínico do Hospital da Praia, Victor Costa, que realçou não ser a primeira vez que se “testemunha” um evento do género e que se enquadra no projecto “Ver com Bons Olhos”, financiado pela Equatorial Coca-Cola Botling Company Cabo Verde (ECCBC).

“Neste momento já contabilizamos 315 cirurgias de catarata e ainda hoje está agendado a operação de 40 casos de catarata, um trabalho que está sendo feito com a parceria também dos médicos e técnicos do Hospital Agostinho Neto”, disse.

Ainda segundo o director clínico do Hospital a Praia, que realçou a necessidade desta parceria não ficar apenas no domínio assistencial de operar e deixar para que os doentes sejam seguidos pelos técnicos nacionais, mas abranger também a vertente formativa, as pessoas submetidas a cirurgia de catarata são oriundas dos vários concelhos do País.

“Queremos que os nossos técnicos consigam, também, dominar esta técnica de ponta, com bons resultados e rapidez em tempo útil”, ressaltou almejando que a missão continue no domínio assistencial e formativo.

O representante da Fundação Elena Barraquer, Joaquim Fernandez, ao usar da palavra admitiu ser com muita “honra” que volta a Cabo Verde para mais uma missão que ajuda as pessoas a resolverem os seus problemas de visão com cirurgias de catarata.

“Para a próxima missão a nossa ideia é não só realizar cirurgias, mas também cumprir uma vertente formativa para a equipa cabo-verdiana”, disse agradecendo a colaboração de todos, particularmente, da ECCBC.

O projecto “Ver com Bons Olhos” já vem sendo executado há alguns anos no País, sendo que em 2015 o grupo conseguiu com a sua parceria com Fundação Barraquer de Espanha operar cerca de 240 pessoas com problemas de catarata.

PC/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos