Ministro da Agricultura defende que valorização da biodiversidade passa por um turismo sustentável

Cidade da Praia, 11 Jan (Inforpress) – O ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva, considerou hoje, na Cidade da Praia, que a valorização da biodiversidade passa por um turismo sustentável.

A afirmação foi feita no encerramento do Projecto Integração da Biodiversidade no Turismo em Sinergia com o Sistema Nacional de Áreas Protegidas (Projecto BIOTUR), implementado em Cabo Verde desde 2017 para integrar a conservação da biodiversidade no planeamento e nas operações de turismo a nível nacional.

O governante precisou que o desenvolvimento do turismo rural e ecológico passa também pela integração de todas as actividades de conservação da natureza, assim como na exploração sustentável dos recursos nas comunidades.

“Por isso apelo que levemos essa experiência do projectos BIOTUR para as outras ilhas e que possamos integrar essa abordagem nos programas e projectos que já temos devidamente identificados e integrados no Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável”, exortou.

Por isso, Gilberto Silva enalteceu a importância deste projecto por, conforme constatou, visar obras de atitude e práticas, assim como mudança de abordagem no desenvolvimento e na valorização das áreas protegidas através do turismo.

“O BIOTUR é dos projectos mais completos que já tivemos no Ministério da Agricultura e Ambiente (…) por abordar o desenvolvimento do turismo de natureza através da valorização da biodiversidade”, acrescentou o governante, adiantando que para a sua execução teve mudanças de legislação, reforço da educação ambiental e trabalho no terreno com as comunidades.

O Projecto BIOTUR foi cofinanciado pelo Fundo Global para o Ambiente (GEF), Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e o Governo de Cabo Verde no valor de cerca de seis milhões de dólares.

Foi executado pelo Ministério da Agricultura e Ambiente, através da Direcção Nacional do Ambiente em parceria com a Direcção Geral do Turismo e Transportes durante o período de 2017-2022, nas ilhas de Santiago, Maio, Boa Vista e Sal.

OM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos