• Save

Ministra das Infra-estruturas anuncia várias frentes de trabalho na Boa Vista

Cidade da Praia, 04 Out (Inforpress) – A ministra das Infra-estruturas, Eunice Silva, disse hoje que o Governo está com “várias frentes” de trabalho na ilha da Boa Vista que passam por requalificações, a expansões, esgotos e também a nível de acessos.

A ministra das Infra-estruturas, Ordenamento do Território e Habitação avançou estas informações à margem de um encontro com jornalistas e com os boa-vistenses residentes na Cidade da Praia, para apresentação das obras do Governo na “ilha das dunas”.

“Nós já estamos há três anos a trabalhar na Boa Vista, desde finais de 2016 até agora. Estamos com várias frentes de trabalho na Boa Vista, seja a nível dos bairros propriamente dito, seja na requalificação, a expansão, o esgoto e também a nível dos acessos”, informou.

Eunice Silva disse ainda que, entretanto, se vai entrar numa “etapa diferente” que irá começar com o realojamento das pessoas, em que, inclusive, afirmou, já há um modelo.

“Um modelo que é a resolução do problema do défice habitacional na Boa Vista. Então, esses instrumentos têm de ser submetidos à aprovação do Conselho de Ministros”, frisou.

Considerando que o Governo tem estado a trabalhar na Boa Vista com as famílias que vivem na zona da Barraca, Eunice Silva disse entender que se deve socializar esses documentos, “previamente”, também com a sociedade, particularmente com os boa-vistenses, seja os que estão aqui fora, seja os que estão na própria ilha.

“E é por isso que nós convidamos aqui não só a comunicação social como também personalidades da Boa Vista que residem aqui na Praia para inteirarem do que é que nós estamos a fazer, o que estamos a propor e recolher subsídios junto dessas pessoas”, afirmou.

A governante fez saber ainda que o executivo tem uma proposta de critérios, uma espécie de regulamento que foi apresentado durante o encontro e que também vai ser socializado na próxima segunda-feira, na Boa Vista.

Esse documento, segundo a ministra, vem sendo trabalhado com os beneficiados.

“Nós estamos na Boa Vista com uma equipa técnica social, que integra o ministério da Família e a câmara municipal, baseado nas zonas das barracas, com porta aberta durante o dia para as pessoas se dirigirem e temos estado a trabalhar de forma a ter uma solução consensual”, informou.

Conforme frisou Eunice Silva, se está a falar de cerca de seis centenas de famílias.

“Estamos a trabalhar com o Fundo do Turismo, aliás, desde a primeira hora, o Governo disse que vai utilizar o fundo que provem desses destinos turísticos para retornar à base e melhorar o destino”, finalizou.

GSF/CP

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap