Mandatário nacional da recandidatura de Ulisses Correia e Silva formaliza lista à presidência do MpD (c/áudio)

Cidade da Praia, 08 Nov (Inforpress) – O mandatário nacional da recandidatura de Ulisses Correia e Silva formalizou hoje a candidatura do seu proponente a presidente do MpD para eleições internas e dos delegados à XII Convenção Nacional  de 9 de Fevereiro.

Fernando Elísio Freire procedeu a oficialização desta candidatura junto do presidente do Gabinete de Apoio ao Processo Eleitoral do Movimento para a Democracia (MpD, poder), Mário Fernandes, como sendo “uma moção de estratégica por um Cabo Verde positivo, desenvolvido”, virado para o “reforço do compromisso” do partido que suporta o poder com o país.

Assegurou que esta estratégia está baseada nos princípios dos valores do MpD, isto é, da tolerância, da democracia, das liberdades, da autonomia das pessoas, das famílias num novo modelo de relacionamento com o poder, do Estado com a sociedade, uma sociedade mais livre, mais inclusiva e que atraia cada vez mais economia e maior capacidade de criar riqueza”.

Para o mandatário, esta moção de estratégia faz alusão muito forte a um Cabo Verde global, resiliente, aberto ao mundo “que se está a mudar”, com o entendimento que as reformas estão a ter resultados a nível da mudança de atitudes, maior incentivo ao sector empresarial, de maior incentivo” aos jovens alegando que “já estão a ter impactos”

“Crescemos hoje cinco vezes mais do que há três anos trás. Temos mais inclusão social através da politica de uma educação de excelência, politicas de promoção da igualdade do género, na promoção da inclusão de pessoas com deficiência, da infância e na promoção de igualdade de oportunidades”, especificou Fernando Elísio Freire.

A politica do MpD, segundo o mandatário nacional, está a projectar Cabo Verde no mundo, argumento que o arquipélago é hoje um país inclusivo a nível da Comunidade dos Estados para o Desenvolvimento da África Ocidental (CEDEAO), com grande projecção na Comunidade dos países da Língua Portuguesa (CPLP) na União Africana e nas Nações Unidas.

A lista de recandidatura de Ulisses Correia e Silva para esta convenção, enquanto um momento de “afirmação dos valores no MpD” na união deste partido e da sua liderança, segundo o seu mandatário, conta com 350 assinaturas, a máxima exigida,  para este partido que disse contar com mais de 30000 militantes.

A lista liderada pelo candidato Ulisses Correia e Silva, primeiro-ministro, foi apresentada ao Gabinete de Apoio ao Processo Eleitoral do MpD, na sua sede nacional, neste que é último dia da entrega formal, pelo que Fernando Elísio Freire disse acreditar que todo o os militantes estão mobilizados à volta da liderança do actual presidente.

Ressaltou que o processo foi transparente e aberto, em que todos os militantes estão engajados e que tiveram oportunidades de expressar, atestando que  “as listas foram publicadas e abertas a toda a gente”, para a afirmação e a construção de um Cabo Verde desenvolvido.

SR/AA

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap