Maio: Ministro da Cultura considera que as obras da Igreja Nossa Senhora da Luz estão a decorrer dentro dos prazos estabelecidos

Porto Inglês, 13 Mar (Inforpress) – O ministro da Cultura e das Industrias Criativas, Abraão Vicente, afirmou hoje que as obras da Igreja Nossa Senhora da Luz estão a decorrer dentro dos prazos estabelecidos e que estarão prontos antes da festa do município.

O titular da pasta Cultura e das Industrias Criativas, que realizou uma visita à Igreja matriz de Nossa Senhora da Luz, garantiu que das informações recebidas pela empresa responsável pela execução dos trabalhos, está-se a fazer esforços para se entregar aos maienses uma obra com “a máxima qualidade possível”.

“Nós creditamos que até a festa da ilha, o podemos entregar e se não o fizermos é porque será com certeza por razões ponderosas, por isso vamos fazer com máxima qualidade, antes de que com a máxima pressa”, fez saber.

Relativamente às críticas levantadas recentemente sobre a qualidade dos materiais que estão sendo utilizados na reabilitação daquela infra-estrutura religiosa, Abraão Vicente assegurou que “ruídos há muitos e numa era da rede social, nenhuma obra no mundo teria sido feita se todo mundo fosse ouvido e que o importante quando se governa é tomar decisões”.

Neste particular, afiançou que estão a ouvir “as pessoas certas” e ressalvou que as opções que estão a ser tomados pelos técnicos, engenheiros e arquitectos “têm sido as melhores”, desde do formato dos novos tempos da igreja até a escolha dos materiais a serem utilizados de acordo com a durabilidade dos mesmos.

O titular da pasta da Cultura afiançou ainda que pretende que esta Igreja seja “uma das mais icónicas e emblemáticas de Cabo Verde”, alertando que as obras podem estar a parecer que estejam a desenrolar de forma lenta, mas que nestes tipos de intervenção é preciso minúcia e diálogo entre as várias instituições”.

“Aqui quero destacar a enorme abertura da Igreja para acompanhar, a todo o momento, acompanhar a equipa técnica nesse trabalho, aliás a presença do padre Ima em representação do Cardeal é prova disso, de que o trabalho tem sido feito com minúcia e atenção de todos os actores”, vincou.

Abraão Vicente fez questão de sublinhar que esta não é um programa político mas sim do Estado de Cabo Verde, e que almejam que a referida intervenção dure pelo menos 300 anos.

Durante o dia de hoje, Abraão Vicente visitou as obras de reabilitação da capela de Morrinho.

WN/JM

Inforpress/Fim

Scroll to Top