Maio: IPC define novo prazo para empreitada da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Luz

Porto Inglês, 13 Fev (Inforpress) – O presidente do Instituto do Património Cultural, Jair Fernandes, reuniu-se quarta-feira com o pároco Elias Borges, para concertarem os últimos detalhes das obras de reabilitação da Igreja de Nossa Senhora da Luz e da Capela de Morrinho, no Maio.

Conforme refere o IPC na sua página na Internet, esta medida deve-se ao facto dos materiais a serem utilizados na reabilitação da igreja, precisavam de ser analisados, o que implicou este encontro para se definir um novo plano de trabalho.

O IPC considera ainda “muito satisfatório”, o andamento das obras, o que levou o pároco a agradecer o envolvimento das partes, e aproveitou a ocasião para tecer algumas observações e sugestões ao projecto, “com o fito de levar mais conforto e comodidade ao edifício, sem colocar com causa o seu valor patrimonial”.

Referente a capela de Morrinho, cuja entrega está prevista para o início do mês de Março, o IPC garante que já tem praticamente definidos os detalhes relativos ao acabamento, bem como o seu arranjo exterior.

A reunião contou ainda com a presença do director de Obras e Manutenção das Infra-estruturas de Cabo Verde, SA (ICV)/MIOTH, Luís Moreira, na qualidade de gestor da obra, e da sócia gerente da empresa Construfer Rommy, além dos técnicos do IPC e da ICV/MIOTH.

Estes dois projectos estão a ser executados no âmbito do Programa de Requalificação, Reabilitação e Acessibilidades (PRRA), no quadro de valorização do património histórico, cultural e religioso, delineado pelo Ministério da Cultura e das Indústrias Criadas, através do IPC e financiado pelo Governo de Cabo Verde.

WN/CP

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap