• Save

Maio: Delegação do Ministério de Agricultura e Ambiente e Protecção Civil distribuem plantas fruteiras a agricultores

Porto Inglês, 02 Out (Inforpress) – A Delegação do Ministério da Agricultura e Ambiente e a Protecção Civil iniciaram hoje a distribuição de plantas fruteiras aos agricultores da zona sul, como forma de combater a desertificação e mudanças climáticas, inserindo mais espécies no Maio.

Segundo o representante da Protecção Civil, Valdir Rodrigues, pretendem introduzir na ilha cerca de 500 plantes fruteiras, o que na sua opinião, vai, além de diversificar as espécies de plantas fruteiras, contribuir para que as famílias tenham uma outra fonte de rendimento.

Informou que a escolha das plantas como goiabeira, coqueiro, mangueiras, azedinha e cajueiros, foi feita pela Delegação do Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA), alegando que estas plantas se adaptam melhor ao clima da ilha.

“Este é um projecto-piloto e queremos abarcar toda a ilha e vamos fazer o acompanhamento durante dois a três anos para vermos o seu impacto na ilha”, salientou, informando que em caso de sucesso, pode ser reforçado nos próximos anos.

Para o agricultor António Zacarias Freire, esta é uma medida que aguardavam há vários anos, visto que tinham elaborado e entregue um projecto na Delegação do MAA na ilha, com vista a substituição das acácias americanas pelas plantas fruteiras.

Disse ainda que os oito agricultores contemplados no âmbito do projecto estão “satisfeitos” com o equipamento do furo, o que lhes tem possibilitado também praticar a agricultura em Ribeira Don João.

Lembrou que antes este sítio era cheio de coqueiros, pelo que os agricultores congratulam-se com a decisão da Delegação do MAA em querer voltar a colocar esta espécie naquela ribeira.

Por seu lado, o agricultor Virgílio Ribeiro dos Reis, da localidade de Figueira, também disse estar satisfeito com a medida, visto que vai-lhes possibilitar ter mais plantas fruteiras nas suas propriedades e, com isso, ter uma maior diversidade de produtos.

Virgílio Ribeiro dos Reis pediu aos agricultores contemplados para “cuidarem” do projecto para que nos próximos anos mais colegas possam ser beneficiados.

Nesta primeira fase do projecto, está prevista a distribuição de 14 plantas fruteiras para cada um dos oito agricultores contemplados.

WN/CP

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap