Janira Hopffer Almada não conhece São Vicente porque seu Governo nunca quis saber da ilha – MpD

Mindelo, 23 Out (Inforpress) – A presidente da Comissão Política Concelhia do Movimento para a Democracia (MpD), em São Vicente, disse hoje em conferência de imprensa que Janira Hopffer Almada não conhece São Vicente porque seu Governo nunca quis saber da ilha.

Maria Santos Trigueiros reagia às declarações da presidente do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, oposição) que disse “não consegue ver nada de novo” do actual Governo em São Vicente.

Segundo Maria Trigueiros, quando Janira Hopffer Almada ocupou o cargo de ministra da Juventude, Emprego, Família e Inclusão Social “a ilha de São Vicente nunca fez parte desse ministério”, porque as pessoas “nunca a viram, ouviram, ou sentiram o impacto de acções concretas, fora da esfera partidária”.

Para a mesma fonte, o PAICV decidiu adoptar uma “política de negativismo levada ao extremo” e os cabo-verdianos já “entenderam o jogo” desse partido de tentar “criar uma percepção negativa em tudo aquilo que mexe com a vida do país”.

A dirigente do MpD disse que Janira Hopffer Almada “não quer ver” que, desde 2017, o Governo, em parceria com a Câmara Municipal de São Vicente, “tem estado a investir” na requalificação dos bairros, no saneamento e na reabilitação de casas de famílias mais vulneráveis.

“São 530 mil contos de investimentos em requalificação urbana e ambiental, financiados pelo Governo, com impactos na melhoria da qualidade das localidades, e na qualidade de vida das pessoas,” frisou Maria Trigueiros, para quem a presidente do PAICV não vê estes investimentos porque não se desloca aos bairros.

Lembrou os projectos do Governo como a asfaltagem da estrada Mindelo-Baía das Gatas, orçada em 315 mil cotos, a reabilitação do Centro Nacional de Artesanato e Design (CNAD), o Data Center, os investimentos no Hospital Baptista de Sousa e no Centro de Terapia Ocupacional de Ribeira de Vinha entre outros que, na sua óptica, Janira Hopffer Almada “não vê porque não lhe interessa”.

Também destacou a redução da taxa de desemprego em São Vicente de 14,5 por cento (%) em 2015, na governação do PAICV, para 10,2% em 2018, na gestão do seu partido.

Questionada pela imprensa sobre a disparidade entre os dados do desemprego que apresentou e os exibidos por Janira Hopffer Almada, que avançou que 16,2% dos sanvicentinos estão no desemprego, sendo que 43,3% são jovens, Maria Trigueiros disse que “não tem explicação” para as afirmações da presidente do PAICV, mas garantiu que os números que apresentou são “fidedignos” porque foram fornecidos pelo “Instituto Nacional de Estatística (INE)”.

Questionada ainda se acredita que o Governo vai conseguir cumprir a promessa de criar 45 mil postos de trabalho nessa legislatura, a presidente da Comissão Politica Concelhia do MpD em São Vicente disse que se deve acreditar sim, mas ressalvou que se o executivo “chegar perto desses 45 mil postos de trabalho já é um ganho”.

A mesma fonte classificou de “fait divers” (pouco importante) as declarações de Janira Hopffer Almada de que “o Fórum Nacional da Juventude serviu para o Governo renovar as promessas sem apresentar resultados dos compromissos que assumiu”.

CD/CP

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap