• Save

Janice da Silva nomeada embaixadora global da Boa Vontade para os ODS da Five Points para os PALOP

Cidade da Praia, 08 Ago (Inforpress) – A coordenadora da ONU-Habitat em Cabo Verde, Janice da Silva, foi nomeada embaixadora global da Boa Vontade para os ODS da organização americana “Five Points Youth Foundation” para a construção de Comunidades e Cidades Sustentáveis ODS 11 nos Palop.

Em declarações à Inforpress, a primeira cabo-verdiana nomeada embaixadora para a construção de Comunidades e Cidades Sustentáveis nos Palop, manifestou-se honrada com a nomeação e comprometeu-se a trabalhar para transformara a urbanização como oportunidade de desenvolvimento.

“É com muita honra que aceito ser embaixadora da Boa Vontade e estarei, totalmente comprometida em trabalhar a questão das cidades e desenvolvimento económico, levando mensagens de como podemos transformar a urbanização e oportunidade de desenvolvimento económico para as populações no mundo”, disse.

Janice da Silva, que vai fazer parte de um total de cinco mil pessoas nomeadas e consideradas influentes no mundo para dedicar seus esforços para apoiar o trabalho no domínio a que foram indicadas, vai a nível da construção de Comunidades e Cidades Sustentáveis nos Países de Língua Oficial Portuguesa desafiar comunidades sobre a boa prática no âmbito urbanístico.

Durante a missão de dois anos, Janice da Silva informou que vai estar a viajar para os países da comunidade, dialogar com os governos e sector privado para que tenham projectos-piloto que possam ser financiados pela “Five Points” ou outras organizações.

Basicamente, acrescentou, é fazer um trabalho de captação de recursos para os projectos de urbanização nos países da comunidade lusófona.

Janice da Silva, que admite tratar-se de um trabalho “acrescido”, afirma comprometer-se, assim como o trabalho que desenvolveu em Cabo Verde no âmbito da ONU Habitat, tudo fazer para que esta missão se concretize da melhor forma possível.

A coordenadora da ONU-Habitat em Cabo Verde tem em agenda um encontro com o primeiro-ministro cabo-verdiano para dar-lhe a conhecer a nomeação a que foi indicada pela “Five Points Youth Foundation”, uma organização Internacional associada às Nações Unidas, mas concretamente ao departamento da ONU Global Compact para o sector privado.

PC/ZS

Inforpress/Fim