Instituto do Emprego e Formação insere de Fevereiro a Maio de 2019 um total de 1.185 jovens no PEPE

Cidade da Praia, 13 Jun (Inforpress) – O Instituto do Emprego e Formação (IEFP) informou hoje que conseguiu, através de suas estruturas desconcentradas, nomeadamente, os Centros de Emprego e de Formação Profissional inserir pela primeira vez 1.185 jovens no Programa de Estágio Profissional e Empresarial (PEPE).

Segundo a instituição, o PEPE facilita o recrutamento e a integração dos novos quadros no mercado de trabalho, considerando as políticas activas de emprego como elemento central do mercado de trabalho, enquanto instrumento de criação de emprego e de combate ao desemprego.

O estudo de impacto, de acordo com a mesma fonte, indica que a taxa de inserção no mercado de trabalho, de uma forma global, é de 63,9%, elucidando que em média 63,9% dos beneficiários dos programas de emprego conseguem inserção no mercado de trabalho.

O programa das políticas activas de emprego foi definido e aprovado pelo actual Governo, que durante o ano 2019, estabeleceu como meta qualificar cerca de 5000 jovens, implementando acções de formação em diferentes áreas profissionais.

O Instituto do Emprego e Formação Profissional, criado em 1994 (Decreto-Lei nº 51 / 94, de 22 de Agosto), revogado pela lei nº 5/2010 a 16 de Agosto, é um organismo público, sob a tutela do Ministério das Finanças, ao qual compete a execução das políticas de Empregos e Formação Profissional, definidas e aprovadas pelo Governo.

O IEFP tem por missão garantir, através da sua estrutura central e serviços descentralizados, e em parceria com outras instituições públicas e privadas, a promoção e execução das acções de formação profissional, para satisfazer as necessidades do mercado de trabalho, contribuindo para a promoção do emprego digno, qualificação relevante e atitude empreendedora, visando autonomia individual.

CM/JMV

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap