INIDA distinguido no Prémio Internacional “Terras Sem Sombra” com o seu Jardim Botânico

Cidade da Praia, 23 Out (Inforpress) –  O Instituto Nacional de Investigação e Desenvolvimento Agrário (INIDA) foi distinguido com o Prémio Internacional “Terras sem Sombra”, referente a 2019, na categoria de Salvaguarda da Biodiversidade, devido ao seu Jardim Botânico.

A informação foi divulgada hoje pelo Governo através de um comunicado de imprensa, que dá conta que foram analisadas várias candidaturas, tendo a escolha do Jardim Botânico do INIDA sido aprovada por unanimidade.

O Jardim Botânico Grandvaux Barbosa é o único jardim botânico em Cabo Verde, situado na ilha de Santigo, na localidade de São Jorge, no município de São Lourenço dos Órgãos. Sua colecção se concentra em plantas endêmicas e nativas do arquipélago.

Foi criado em 1986 e recebeu o nome do botânico franco-português Luís Augusto Grandvaux Barbosa (1914-1983).

O Prémio Internacional “Terras sem Sombra”, criado em 2011, destina-se a homenagear uma personalidade ou uma instituição que se tenham salientado, ao nível global, em cada uma das seguintes categorias: a promoção da música, a valorização do património cultural e a salvaguarda da biodiversidade.

Com periodicidade anual, o prémio consta de um diploma e de uma obra de arte encomendada a um artista contemporâneo, sendo entregue num momento culminante da temporada musical no Alentejo, Portugal.

O acto solene da entrega do prémio acontece no dia 30 de Novembro no auditório do Centro Cultural de Campo Maior, sob a presidência do Príncipe Leo de Hohenberg.

AM/FP

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap