Ilha do Sal: São Tomé e Príncipe quer conquistar mercado salense com produtos de transformação agro-industrial (c/áudio)

Espargos, 30 Ago (Inforpress) – Os produtos de transformação agro–industrial de São Tomé e Príncipe poderão vir a ser comercializados na ilha do Sal, possibilidade aventada, hoje, durante visita do Secretário de Estado do Comércio e da Indústria daquele país à ilha turística.

Depois da sua visita à ilha de Santiago, Eugénio da Graça chegou hoje ao Sal para também troca de informações, juntamente com as autoridades locais, no sentido de se estudar parcerias, visando trocas comerciais entre São Tomé e Príncipe e a ilha do Sal.

Em declarações à imprensa, à margem do encontro com o vice- presidente da Câmara Municipal do Sal, Hermínio Monteiro, Eugénio da Graça avançou que o negócio poderá ser à volta dos produtos agrícolas e do mar, de transformação agro-industrial, provenientes de São Tomé para exploração no mercado salense.

“Mas, desde logo, há uma sensibilidade para questões de produtos do mar, mormente moluscos e crustáceos, mas evoluir para outros patamares com produtos agrícolas, mormente flores, produtos de transformação da agricultura (…), está tudo em aberto”, esclareceu o governante santomense, apontando que as partes do sector privado vão trabalhar no sentido da concretização desse desiderato.

Questionado como fazer chegar esses produtos ao Sal, Eugénio da Graça estriba-se nos voos periódicos da transportadora aérea angolana, TAAG, que fazem Luanda/São Tomé/Sal.

“Vamos começar a partir da via aérea. E pela via marítima… vamos estudar, e num futuro próximo ver a situação. Mas desde logo há uma abertura da agência TAAG, para que produtos possam chegar ao Sal a um preço mais reduzido em relação ao preço habitual”, informou.

“Vamos explorar toda essa sinergia para tentar conquistar o mercado do Sal, e o Sal também ter os produtos para conquistar o mercado de São Tomé e Príncipe”, almejou.

Considerando a vertente turística de São Tomé, que se encontra no TOP 10 a nível mundial, em questões turísticas, Eugénio da Graça vislumbra, também, trocas de experiências e lançamento de projectos nesse ramo, já que Sal é um município “fortemente” turístico, devendo-se beber da sua experiência, conforme disse.

A delegação do secretário de Estado são-tomense é integrada pelo presidente da Câmara de Comércio, Indústria, Agricultura e Serviços daquele país, fazendo-se também acompanhar nesta deslocação ao Sal, do presidente da Câmara de Comércio de Sotavento, Jorge Spencer Lima, Scapa.

Nesta visita o governante são-tomense visita algumas infra-estruturas hoteleiras, Tour Invest Holding, Meliã Dunas, visita à empresa EMICELA, ao Minimercado “KáZú”.

Sábado, seu último dia de estada no Sal, está programado um passeio turístico pela ilha, nomeadamente à Buracona e Salinas de Pedra de Lume.

SC/JMV

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap