Igreja Católica destaca criação da Escola Universitária Católica como um dos “acontecimentos positivos” de 2022

Cidade da Praia, 11 Jan (Inforpress) – A Igreja Católica destacou hoje a criação e o funcionamento da escola universitária católica como principais “acontecimentos positivos” que ocorreram nessa entidade religiosa no ano de 2022, apesar da crise da pandemia e a guerra na Ucrânia.

No encontro que manteve hoje com o Presidente da República, José Maria Neves, para apresentar cumprimento de ano novo, o cardeal Dom Arlindo Furtado disse esperar que a escola universitária traga “resultados positivos” para a Igreja e para o País.

“Apesar da crise da pandemia e da guerra, houve muitas coisas boas também que podemos dividir com os cabo-verdianos que é a criação da Escola Universitária Católica e espero que traga resultados muito bons para a Igreja em Cabo Verde”, concretizou o prelado.

Para além da criação da escola, Dom Arlindo Furtado apontou outros acontecimentos positivos que também marcaram o ano como as ordenações de novos ministros e secretários que animam a nível das dioceses paroquiais e pastoral.

E em relação ao encontro com o chefe de Estado, o cardeal indicou que trocaram impressões de vários temas da actualidade, desejando “um bom ano” reciprocamente porque cada um na sua função faz a sua parte, trabalhando para o bem-estar, a felicidade, a comunhão e a paz do povo cabo-verdiano, que é a “meta fundamental da nossa existência e da nossas actividades”.

“É bom também que o Presidente da República receba a Igreja, que é uma das instituições importantes e tem uma dinâmica própria e específica no seio da comunidade e hoje o Presidente se encontra com os principais responsáveis aqui, como, o bispo e chanceler, para trocarmos impressões e desejamos uns bons votos um ao outro”, assegurou o cardeal.

Por outro lado, avançou à Inforpress que a Igreja enfrenta “muitos desafios”, mas que sempre está atenta a eles, porque nunca se consegue cumprir todos os desafios de uma missão evangelizadora, porque a igreja precisa de uma luta constante de cada um para funcionar bem.

A mesma fonte, aproveitou para desejar igualmente um início de um novo ano coroado de “muitas bênçãos e realizações” sobretudo para os cabo-verdianos, perante esse período de crise em que se vive a nível mundial.

Dom Arlindo Furtado lembrou, por outro lado, que no mês de Agosto vai realizar-se em Lisboa (Portugal) a Assembleia Mundial da Juventude, com objectivo de ajudar os jovens a descobrirem que Jesus Cristo “é a luz, o caminho e a vida”, para desenvolver capacidades de autovalorizarão para “melhor servir” os outros e a nas comunidade.

Avançou ainda que no dia 29 vai presidir a abertura da porta do Decénio Jubilar, na Cidade Velha, no âmbito da celebração dos 500 anos da Diocese de Santiago.

DG/AA

Inforpress/Fim

 

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos