IGAE confirma que padarias estão a produzir carcaças com peso abaixo do recomendado

Cidade da Praia, 17 Jan (Inforpress) – A Inspecção-geral de Actividade Económica (IGAE) iniciou hoje uma série de fiscalização às padarias na cidade da Praia, tendo constatado algumas irregularidades entre as quais a produção e comercialização do pão carcaça com peso abaixo do recomendado.

Em conversa com a Inforpress, o inspector-geral, Paulo Monteiro, adiantou que neste primeiro dia de actividade inspectiva foram visitadas quatro padarias na cidade da Praia, tendo sido constatadas irregularidades em três unidades.

Paulo Monteiro frisou que a portaria n.º 64/2010, de 30 de Dezembro, no seu artigo 3º (Fixação do peso), ponto 1, diz que “é fixado o peso do pão formato pequeno em 50 gramas e formato grande em 100 gramas”.

“O ponto 2 do mesmo artigo indica que ficam os operadores do sector obrigados ao cumprimento rigoroso do peso estabelecido de acordo com o número anterior”, acrescentou.

A irregularidade em termos de peso está sobretudo no formato grande do pão que está abaixo dos 100 gramas.

Durante a fiscalização, os inspectores constataram ainda outras inconformidades, nomeadamente, licença de funcionamento caducada, não envio de folhas de reclamações, falta de afixação do preço do produto, sobretudo na afixação do preço do pão carcaça pequeno e grande.

“Verificou-se que três das quatro padarias fiscalizadas hoje na Praia aumentaram o preço das carcaças pequenas e grandes”, disse, adiantando, contudo, que no quesito preço a IGAE não pode actuar porque o mercado é liberalizado.

As três padarias em situação irregular foram alvo de auto de notícia e processo de contraordenação.

As visitas às padarias vão continuar esta quarta-feira, 18, na cidade da Praia.

Em São Vicente, segundo Paulo Monteiro, uma outra equipa estará no terreno, a partir desta quinta-feira, para inspecções às padarias.

Recordar que nos últimos dias, decorrente do aumento do preço da farinha de trigo devido a retirada da subsidiação do Governo, as padarias aumentaram o preço do pão, passando as carcaças a custar entre os 15 e 28 escudos.

MJB/JMV
Inforpress/fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos