Fogo: Sociedade civil prepara marcha silenciosa nos Mosteiros e São Filipe em homenagem a Luís Giovani

São Filipe, 09 Jan (Inforpress) – A sociedade civil na ilha do Fogo prepara duas marchas silenciosas para sábado, 11, nos Mosteiros e em São Filipe, em homenagem ao estudante Luís Giovani, falecido a 31 de Dezembro, em Bragança, Portugal.

Nos Mosteiros, de onde o jovem estudante era natural, a marcha silenciosa está agendada para as 10:00 de sábado, dia 11, com inicio na localidade de Mosteiros Trás, zona onde nasceu a mãe de Giovani, até Fajãzinha, povoado do pai e onde nasceu e residia Giovani até Outubro de 2019, altura em que viajou para Bragança para formação em de Design de Jogos Digitais, e onde viria a falecer, supostamente vítima de agressão.

Nos Mosteiros, no final da marcha, que passará ainda pela cidade de Igreja e pelos povoados de Queimada Guincho e Murro, será celebrada uma missa em honra de Giovani na capela de Nossa Senhora de Fátima em Fajãzinha, situada a escassos metros da residência dos seus pais.

Na cidade de São Filipe, a marcha silenciosa em homenagem a este estudante está marcada para as 19:00 do mesmo dia, com concentração no Largo de Cruz dos Passos, seguindo depois para Alto de Aguadinha, Avenida Amílcar Cabral, Agencia do Banco Comercial do Atlântico, Igreja Matriz, Esquadra da Policia Nacional e término no Largo de Cruz dos Passos.

A organização pede a todos os participantes, se possível, que apareçam trajados de branco e com uma vela para “a merecida homenagem” ao estudante.

O presidente da Associação Regional de Futebol do Fogo, Pedro Pires, por seu lado, garantiu que a proposta apresentada pelo Club Desportivo Juventude foi acolhida e nos jogos do primeiro e segundo escalões do próximo fim de semana será observado um minuto de silencio em honra a Luís Giovani dos Santos Rodrigues.

Luís Giovani dos Santos Rodrigues de 21 anos, recorda-se morreu no passado 31 de Dezembro, vitima de agressão em Bragança para onde tinha deslocado em Outubro para formação em design de jogos digitais, no Instituto Politécnico de Bragança.

Luís Giovani era um dos mais promissores artistas dos Mosteiros tendo destacado na banda Beatz Boys, um grupo integrado por jovens formados pela paroquia de Nossa Senhora da Ajuda.

JR/AA

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap