• Save

Fogo: Perto de dez mil alunos e mais de 560 professores regressam hoje às aulas nos três níveis de ensino

São Filipe, 23 Set (Inforpress) – Perto de 10 mil crianças, adolescentes e jovens, orientados por 564 professores, do pré-escolar ao ensino secundário, regressam hoje às aulas no começo do ano lectivo 2019/20, representando cerca de 28 por cento (%) da população da ilha.

Dados disponibilizados pelas três delegações do Ministério da Educação nos três municípios da ilha, indicam que um total de 9.910 alunos estão inscritos do pré-escolar (1.331 crianças), ensino básico obrigatório (6.698 alunos) e ensino secundário (1.881 alunos).

Esses alunos serão orientados por 564 professores, sendo 89 monitoras e orientadores do pré-escolar, 312 professores no ensino básico e 165 professores para as quatro escolas secundarias existentes na ilha, duas no município de São Filipe e uma nos Mosteiros e outra em Santa Catarina.

O município de São Filipe, mais extenso e com maior número de população, é o que dispõe de maior numero de efectivos, quer de alunos quer de professores.

A previsão para este ano lectivo aponta para um total de 5.850 alunos, correspondente a 59% do total, distribuídos para pré-escolar (695), para educação básica obrigatória de primeiro ao oitavo anos (3.986), e para o ensino secundário, do 9º ao 12º anos (1.169).

Para São Filipe, o número de docentes aponta para 45 monitoras/orientadoras para o pré-escolar, 197 para a educação básica obrigatória e 101 para o ensino secundário.

Quanto aos Mosteiros, o segundo mais populoso da ilha, a previsão aponta para uma média 2.590 alunos, dos quais 470 são do pré-escola, 1.710 da educação básica obrigatória até o 8º ano, e 410 para o ensino secundário, orientados por 27 orientadoras do pré-escolar, 64 professores no ensino básico obrigatório e 45 do ensino secundário, incluindo os docentes do 7º e 8º anos.

Já para Santa Catarina do Fogo, segundo a previsão, vai iniciar hoje as aulas um total de 1.470 alunos, sendo 166 no pré-escolar, 1.002 no ensino básico e 302 no ensino secundário, assistidos por 87 professores, dos quais 17 são do pré-escolar, 51 do ensino básico e 19 do ensino secundário.

Os delegados do Ministério da Educação nos três municípios, em declarações à Inforpress, indicam que todas as condições estão criadas, quer a nível do espaço físico quer do corpo docente para o regresso às aulas sem constrangimentos de maior.

Nos Mosteiros, o agrupamento II, que alberga alunos do 1º ao 7º anos das zonas litoral e norte do município dos Mosteiros, vai funcionar nas instalações do ex-ciclo preparatório/escola secundária, reabilitadas recentemente.

A infraestrutura recebeu na semana passada novos mobiliários.

Na última semana a azáfama de adolescentes, jovens, pais e encarregados de educação era grande, pelo menos na cidade de São Filipe, na aquisição dos materiais escolares para o regresso às aulas sem sobressalto.

Todos os manuais, do 1º ao 8º anos de escolaridade, encontram-se à venda na estação de Correio de Cabo Verde e numa papelaria em São Filipe, a partir de hoje, assim como stock para repor os manuais consoante as necessidades.

JR/JMV

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap