Crime: PJ detém ex-militar suspeito de roubo com violência e sequestro

Cidade da Praia, 02 Dez (Inforpress) – A Polícia Judiciária (PJ)deteve, esta segunda-feira, um homem de 22 anos, residente em Bela Vista, suspeito de co-autoria na prática de um crime de roubo com violência contra pessoa, um crime de sequestro e um crime de armas.

Em comunicado, a PJ faz saber que os crimes terão ocorrido no passado dia 13 de Agosto, no bairro da Cidadela, na cidade de Praia, adiantando que o indivíduo foi detido através da Secção de Investigação de Crimes Patrimoniais (SICP) – Brigada de Combate ao Banditismo –, em cumprimento de um mandado do Ministério Público.

O detido, segundo avançou a PJ, integrou um grupo de cinco indivíduos, todos militares à data dos factos, que terão orquestrado um plano de assalto à uma residência no referido bairro, na qual a namorada do ora detido trabalhava como empregada doméstica, esta que, por saber onde eram guardados o dinheiro e outros bens da casa, terá colaborado com os suspeitos, na prática dos crimes.

A mesma fonte avançou ainda que os indivíduos em causa terão se apoderado de dinheiro, num valor de 1.260.000$00 (um milhão, duzentos e sessenta mil escudos) e outros bens que se encontravam dentro do cofre da residência.

“Munidos de armas de fogo de fabrico artesanal, “Boca Bedju” e branca, os detidos terão, ainda, ameaçado a proprietária da casa, a quem, acto contínuo, terão amarrado e sequestrado”, lê-se.

A PJ informou ainda que o detido será presente, no prazo legal, às autoridades judiciárias competentes, para efeito do primeiro interrogatório judicial de arguido detido e aplicação de medidas de coação pessoal.

Os demais quatro suspeitos, por sua vez, encontram-se todos em Prisão Preventiva na Cadeia Central da Praia, a aguardar julgamento.

GSF/JMV

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap