Covid-19/Santa Cruz: Campanha “Envie esperança, em vez de pânico” angaria cestas básicas para os mais necessitados

Pedra Badejo, 23 Mar (Inforpress) –  Os jovens de Santa Cruz estão a promover uma campanha solidária para angariar cestas básicas como forma de apoiar os “mais necessitados” neste momento que se requer que todos permaneçam em casa por causa da pandemia do Covid-19.

Em declarações à Inforpress, o promotor da iniciativa, Anilton de Carvalho, explicou que esta iniciativa surgiu tendo em conta o plano de contingência e muitas publicações nas redes sociais sobre as formas de prevenção como o distanciamento social e a permanência em casa.

“Com base nisso, observei que nem todas as pessoas têm condições para permanecerem em casa”, declarou, defendendo que além de sensibilizar as pessoas é necessário criar condições básicas para os cidadãos permanecerem em casa.

A campanha tem como público-alvo os idosos, uma vez que, no seu entender, são os “mais vulneráveis” diante deste cenário da pandemia de Covid-19.

Neste sentido, pretende-se contactar a câmara municipal a fim de se ter os dados que indicam as pessoas mais vulneráveis no concelho.

“A ideia inicial é falar com os indivíduos que mostraram o interesse nas redes sociais e posteriormente vamos abordar as pessoas na porta das lojas para oferecem alguns produtos”, demonstrou.

O mesmo assegurou que alguns santa-cruzenses que sempre apoiam causas do tipo já manifestaram o interesse e a partir de hoje começam a recolher os bens alimentares e materiais da primeira necessidade.

Conforme mostrou, neste momento todos têm tendência para salvar a sua casa e sua família, o que é compreensível, mas defendeu que é necessário diminuir esse espírito de egoísmo, permitindo que cada um possa dar o contributo, reforçando as iniciativas dos Governos central e local.

“A tendência é para as pessoas lamentarem, mas, no fundo, é difícil cada um levantar para fazer algo”, observou, acrescentando que esta iniciativa surge com um empurrão estratégico e incentivo para cada cidadão fazer alguma coisa.

“É nisso que queremos apostar e acreditamos na sensibilidade das pessoas e desejo de apoiar”, enfatizou.

Até este momento Cabo Verde tem confirmado três casos do novo coronavírus todos na Boa Vista, que se encontra isolada das outras ilhas do arquipélago.

Mais de 15 mil pessoas já morreram em todo o mundo infectadas por Covid-19, de acordo com um balanço feito pela Agência France Presse (AFP), a partir de dados oficiais divulgados hoje às 11:00.

De acordo com o novo balanço divulgado às 11:00, o novo coronavírus matou 15.189 pessoas em todo o mundo desde que surgiu em Dezembro, a maioria na Europa (9.197).

Com 5.476 mortes, a Itália é o país mais afectado à frente da China (3.270), foco inicial do contágio, e Espanha (2.182).

Com 1.395 novas mortes nas últimas 24 horas, num total de 172.238 casos oficialmente diagnosticados, a Europa também é o continente onde a pandemia está a progredir mais rapidamente.

WM/ZS

Inforpress/Fim

Scroll to Top