Covid-19: Igreja Nazareno suspende todas as actividades religiosas

Cidade da Praia, 20 Mar (Inforpress)  – A igreja do Nazareno suspendeu todas as suas actividades religiosas, tendo em conta o Plano Nacional de Contingência, agravado com o surgimento do primeiro caso do novo coronavírus (Covid-19)  na Boa Vista, evitando assim o acúmulo de pessoas.

Em declarações a Inforpress, o superintendente da igreja do Nazareno Região Sul, David Araújo, confirmou que todas as actividades, nomeadamente encontros, celebrações, semanas especiais da igreja, entre outras, principalmente as celebrações que acontecem ao domingo, estão suspensas.

“Isto de modo a evitar que haja uma grande concentração de pessoas e por isso estão suspensas todas as actividades, entretanto os templos encontram-se abertos para quem queira fazer oração”, realçou David Araújo.

Aconselhou as pessoas a ficarem em casa, mantendo distâncias, fazendo higienização e ventilação suficientes.

Acrescentou que a igreja está a adoptar alternativas para transmissão de cultos através da rádio, da televisão e das plataformas digitais.

“Para nós, que somos crentes, temos uma perspectiva diferente, é sempre a luz da palavra de Deus. Deus ainda esta no controlo de todas as coisas”, frisou o superintendente da igreja.

Lembrou que todos estão a enfrentar um “momento difícil”, mas confiante que será  mais um desafio que “vai ser vencido e a plena certeza”  de que Cabo Verde irá “ficar mais forte”.

Explicou que através do conhecimento de Deus todos ficarão mais humanos e que Cabo Verde vai ser um País melhor, pelo que disse acreditar que toda a nação esta concentrada naquilo que é mais importante.

Apelou ao Governo para ser solidário, disponibilizando as verbas que seriam investidos para os festivais e canalizá-las para a área da saúde e na melhoria da educação, de entre outras.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia do Covid-19, começou em Dezembro na China e infectou mais de 210 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 8.750 morreram.

Das pessoas infectadas em todo o mundo, mais de 84 mil recuperaram da doença.

O surto espalhou-se já por 173 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

De acordo com os últimos dados, os países mais afectados depois da China são a Itália, com 2.978 mortes em 35.713 casos, o Irão, com 1.135 mortes (17.361 casos), a Espanha, com 638 mortes (14.769 casos) e a França com 264 mortes (9.134 casos).

Cabo Verde registou até o momento apenas um caso de infecção pelo novo coronavírus.

CG/SR//AA

Inforpress/Fim

Scroll to Top