Covid-19/Fogo: OMCV encerra centro de dia e passa a prestar assistência domiciliar aos idosos

São Filipe, 25 Mar (Inforpress) – A Organização das Mulheres de Cabo Verde (OMCV) encerrou na segunda-feira, 23, o seu centro de dia e passa a prestar assistência domiciliar aos idosos que frequentavam o espaço e outros.

A informação foi avançada à Inforpress pela delegada da OMCV, Maria Antónia Garcia, que indicou que o encerramento vem na sequencia das medidas preventivas anunciadas pelo Governo e do próprio plano nacional de contingência ao novo coronavírus (Covid-19), entre elas de evitar o contacto social e aglomeração de pessoas.

Daí a opção, segundo a mesma fonte, para o encerramento provisório do espaço e atribuição de férias colectivas ao pessoal.

Assim, neste momento o centro de dia que funcionava com uma média de 50 idosos da cidade de São Filipe e bairros periféricos vai prestar assistência domiciliária, quer aos idosos que frequentavam o centro, quer aos que se encontram acamados.

A assistência domiciliaria passa pela atribuição de cesta básica com géneros alimentícios aos idosos nas suas respectivas residências, de modo a evitar o máximo possível o contacto social, estando neste momento o centro a analisar a possibilidade de disponibilizar refeição quente, mas isso vai depender da evolução da situação.

A direcção do centro pretende estabelecer um contacto com a Delegacia de Saúde de São Filipe para acertar a melhor forma de atribuição dos apoios aos idosos nos seus domicílios.

Neste momento o espaço funciona com o serviço mínimo assegurado pela própria delegada, por um auxiliar e o condutor para atender possíveis chamadas telefónicas ou de pessoas que podem procurar o serviço para assistência de idosos acamados, e que eventualmente necessitam de apoio no momento certo.

O lar de idoso das Irmãs Franciscanas, Lar Madre Tereza de Calcutá, por seu lado, que funciona com idosos residentes, continua a funcionar normalmente, apenas com limitação das visitas.

A organização não-governamental italiana Cospe, que executa projectos no sector de turismo na ilha do Fogo, produziu um vídeo “Du kebra Vírus” que está a circular nas redes sociais com dicas de prevenção com o objectivo de sensibilizar a população sobre novo coronavírus.

O vídeo foi realizado e produzido pela Green Studio e Saulo Montrond e é dirigido à população como forma de sensibilizar e informar sobre a pandemia, com a esperança de que a situação não fique como a registada noutros países, especialmente na Europa, referiu a mobilizadora do projecto.

A ONG dedica também o vídeo às vítimas italianas e de todo o mundo esperando que haja mais responsabilidade e sentido cívico em cada cidadão.

O vídeo em crioulo e com legenda em português pode ser  acedido na página Facebook do projecto FATA e Rotas do Fogo, em https://www.facebook.com/568554416649989/videos/815926392225600/.

JR/AA

Inforpress/Fim

Scroll to Top