Covid-19: Conselho Superior das Câmaras de Comércio adopta medidas de apoio à economia face a pandemia

Cidade da Praia, 23 Mar (Inforpress) – O Conselho Superior das Câmaras de Comércio de Cabo Verde (CSCC) decidiu adoptar medidas de apoio à economia, visando analisar a situação do ponto de vista privado, abraçando precauções a nível económico e financeiro, face a pandemia.

Em nota de imprensa enviada à Inforpress, o CSCC sugeriu ao Governo adoptar medidas de apoio à economia, na medida do possível, criando soluções de resiliência às empresas, a fim de conseguirem sobreviver às ondas de choque da crise mundial e interna, já considerada uma realidade e preparar o pós-pandemia.

No seu último encontro, achou-se necessário encontrar soluções a nível económico e financeiro, como abertura de linhas de crédito de emergência para acorrer ao rombo da tesouraria das empresas, condições para amortecer custos fixos durante o período de “lay-off”.

Flexibilização dos prazos de cumprimento das obrigações perante o Estado, apoio aos rendimentos das famílias durante o período em que estejam afastadas do local de trabalho, formas de mitigar o impacto nos compromissos financeiros, bancários, são algumas das preocupações do CSCC.

O CSCC acredita serem necessárias ainda medidas legislativas, a nível das relações laborais, obrigações e direitos dos empregadores e trabalhadores em eventual situação de “lay-off”, partilha de responsabilidade pelo pagamento de retribuições, licenças parentais para cuidar dos filhos em caso de enceramento de escolas, entre outras.

Na reunião, o CSCC entendeu que a gravidade da situação e a magnitude das soluções que têm de ser encontradas e aplicadas exigem o engajamento de todos os parceiros sociais, devendo encontrar um consenso à volta do programa de medidas a serem implementadas.

Expressou seu o engajamento em apoiar a criação de todas as condições necessárias para que o país consiga enfrentar da melhor forma possível os grandes desafios que se aproximam, manifestando assim a sua mais “absoluta disponibilidade” em apoiar tudo quanto for possível para tal objectivo.

A carta foi assinada pelo presidente da Câmara de Turismo de Cabo Verde, Gualberto do Rosário, pelo presidente da Câmara de Comércio de Barlavento, Belarmino Lucas, e também pelo presidente da Câmara de Comércio Indústrias e Serviços de Sotavento, Jorge Spencer Lima.

CG/SR

Inforpress/Fim

Scroll to Top