Covid-19/Brava: Verbas das festas de romarias serão utilizadas para “suportar” gastos “inesperados” causados pela pandemia

Nova Sintra, 11 Mai (Inforpress) – As verbas destinadas às festas de romarias e do município, canceladas até 31 de Agosto, serão utilizadas para “suportar gastos inesperados” causados pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Esta informação foi avançada à Inforpress pelo presidente da Câmara Municipal da Brava, Francisco Tavares, que explicou que já saiu a deliberação que cancela todas as festas na ilha, até 31 de Agosto.

Conforme a mesma fonte, o objectivo é cumprir as medidas emitidas pelo Governo, no sentido de “lutar para a prevenção e o combate” à pandemia do novo coronavírus (covid-19), tendo em conta a evolução epidemiológica da doença a nível mundial.

Além disso, realçou que neste período, muitos bravenses emigrantes ou residentes em outras ilhas costumam vir à ilha para participar nos festejos, provocando uma “grande movimentação” e, ao mesmo tempo, muita aglomeração de pessoas.
Também, tendo em conta a situação, afirmou que “não convém fazer gastos” com festividades.

O autarca informou que as verbas que normalmente são destinadas a estas festas serão utilizadas para “suportar os gastos inesperados” com a pandemia, como também para reduzir a dívida interna da autarquia para com os fornecedores e comerciantes da ilha.

Além disso, realçou que caso houver complicações futuras, parte desta verba será canalizada para reforçar a área social, com a entrega uma nova remessa de cestas básicas.

Estas festas “tradicionais” da Brava movimentam a ilha desde meados de Maio, com as solenidades de Santa Cruz que se iniciam no dia 01 de Maio e a cada final de semana é festejada numa localidade.

Ainda no mês de Maio é de costume iniciar actividades culturais e desportivas para as festas de Santo António, em Junho, e também para as festas de São João e do município que acontecem paralelamente.

No mês de Junho, comemora-se ainda a festa de São Pedro e São Paulo em diversas zonas, seguindo-se a festa de Santa Ana e as mesmas culminam-se em Agosto, com a festa de Nossa Senhora da Graça.

MC/JMV

Inforpress/Fim
.

Scroll to Top