Covid-19/Brava: Autarquia está a trabalhar com as autoridades parceiras sensibilizando “prevenção” (c/áudio)

Nova Sintra, 26 Mar (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal da Brava, Francisco Tavares, anunciou hoje que a sua equipa e as autoridades locais estão a trabalhar conjuntamente para sensibilizar as pessoas a agirem na prevenção do novo coronavírus (Covid-19).

Em entrevista à Inforpress, Francisco Tavares adiantou que já têm a disposição da câmara, caso for necessário, duas habitações disponibilizadas por uma família e mesmo no espaço do Centrum Sete Sois Sete Luas, há mais quatro quartos disponíveis que podem servir caso surgir algum caso ou a necessidade de colocar pessoas em quarentena.

Além disso, informou também que para o pessoal hospitalar, de acordo com o plano de contingência, caso surgir algum caso na Brava, a Delegacia de Saúde já está a arranjar espaço no ex-PMI-PF para ser o espaço de isolamento e a câmara já providenciou espaço para que o pessoal hospitalar que tiver em contacto com um “possível” caso, fique.

O edil aproveitou para agradecer os parceiros neste sentido, relembrando que “é uma luta de todos e que se necessita do envolvimento e comprometimento de cada um”.

Além das medidas que estão a ser tomadas à luz do plano de contingência, o autarca garantiu que já estão a seguir todas as directrizes do plano de contingência e medidas anunciadas pelo Governo.

Perante a situação vivida em todo o país, pede uma certa serenidade por parte da população, aconselhando-os a estarem “atentos” as informações fiéis e credíveis, normalmente veiculadas nos órgãos de comunicação pública e da página do Facebook do Governo ou da câmara municipal.

Francisco Tavares realçou que “todas as medidas necessárias dentro das probabilidades” que a Brava possui, a sua equipa e as autoridades parceiras estão a fazer o “trabalho de casa”, para preparar, no caso de surgir algum caso na ilha.

Desde a semana passada, salientou, que algumas acções conjuntas entre a câmara municipal, Delegacia de Saúde, Polícia Nacional, Protecção Civil estão a fazer acções no terreno de passagem de informação nas casas comerciais e não só, para implementar as directrizes que estão a ser emanadas pelo Governo.

“A câmara municipal já encerrou todos os espaços desportivos, cancelou todas as possíveis actividades que aglomeram pessoas como tocatinas, festas, shows, actividades desportivas e já reactivou a viatura ambulância para caso de transporte de pessoas, entre outras medidas”, anunciou o autarca.

Mesmo com todas as medidas tomadas pelas autoridades, Francisco Tavares lembra que o apelo é dirigido a população, no sentido de cumprirem todas as regras do distanciamento social, para manterem-se em casa o máximo possível e evitar comportamento de risco, pois, avançou que “não há nenhum caso na ilha, mas não se pode ter a certeza de quando é que pode ter ou deixar de ter”.

Daí que, reforçou, “o melhor remédio é agir na prevenção seguindo as medidas já estabelecidas e veiculadas”.

MC/CP

Inforpress/Fim

Scroll to Top