Covid-19: Aldeias Infantis SOS lançam campanha de angariação de fundo para assegurar cuidados às crianças

Cidade da Praia, 23 Mai (Inforpress) – As Aldeias Infantis SOS Cabo Verde lançaram hoje uma campanha de angariação de fundo, tendo em vista a continuidade dos cuidados às crianças que vivem nas aldeias e nos centros comunitários durante e no pós-pandemia.

Em nota explicativa, a organização adianta que, para além dos cuidados básicos já assegurados, no contexto do confinamento obrigatório, as Aldeias SOS são chamadas a responder a outros desafios, como o reforço do apoio psicológico e de actividades didácticas para garantir que as crianças beneficiadas pelos programas de cuidados continuem a ter acesso a um programa eficaz de aprendizagem.

É neste sentido que apela à colaboração dos cabo-verdianos para garantir a assistência aos que precisam e vão continuar a precisar do apoio nas próximas semanas, meses e anos, para superar as “consequências devastadoras” da pandemia da covid-19.

“Neste contexto, considerando o prolongamento do estado de emergência e a evolução epidemiológica da pandemia do Covid-19 em Cabo Verde, mais especificamente na ilha de Santiago onde se situam as principais estruturas da organização, as Aldeias Infantis SOS Cabo Verde lançam a campanha apelo solidário”, realçou.

O objectivo, conforme precisou, é de angariar donativos para assegurar a continuidade dos cuidados prestados às cerca de 200 crianças que vivem nas aldeias de Assomada e São Domingos, nas casas comunitárias de Santa Cruz e Tarrafal de Santiago, bem como às 35 famílias apoiadas pelo Centro Social do Mindelo, durante e no pós-pandemia.

A campanha está estruturada por kits de cuidados essenciais, de modo a que cada doador possa escolher um kit e a forma como pretende ajudar.

Quatro kits foram definidos, entre os quais um de 2.000 escudos, que garante higiene para uma família de seis pessoas durante um mês, e um com 5.000 escudos, que garante alimentação para uma família de seis pessoas durante um mês.

Há ainda um terceiro kit no montante de 1.300 escudos, que garante apoio escolar para uma criança durante um mês, e um quarto kit de 1.250 escudos que garante apoio psicológico para uma criança durante um mês.

A campanha está a ser divulgada na página da rede social e no site oficial das Aldeias Infantis SOS Cabo Verde onde as pessoas poderão também aceder ao ‘link’ para doações.

As Aldeias SOS de Cabo Verde lembram que desde o anúncio dos primeiros casos no País, a organização elaborou um plano de contingência que está em vigor nas aldeias e demais estruturas da SOS Cabo Verde, no sentido de salvaguardar a saúde das crianças, cuidadores e colaboradores.

MJB/AA

Inforpress/Fim

Scroll to Top