Chuva vai contribuir para o avanço das culturas e a recarga das águas – ministro

Cidade da Praia, 07 Set (Inforpress) – O ministro da Agricultura e Ambiente regozijou-se hoje com as chuvas que têm caído e que, segundo disse, vai contribuir para o avanço das culturas e a recarga das águas no subterrâneo.

“Temos um boletim que costuma trazer essas informações e a breve trecho faremos um ponto de situação, a meio percurso, para podermos informar aos cabo-verdianos sobre o andamento do ano agrícola”, disse, afirmando que se as chuvas continuarem assim o país terá uma produção “razoável”.

Quanto às barragens, diz fazer fé que possam encher para ajudar os agricultores e afirmou-se esperançoso de que a chuva venha a contribuir também para uma maior disponibilidade de água subterrânea (lençóis freáticos).

Em relação às pragas, Gilberto Silva garantiu estar “tudo sobre controle”, apesar de admitir a necessidade de se acompanhar a situação agora que choveu para se saber que medidas tomar, particularmente, na ilha de Santiago onde existem sítios tradicionais para ataques de gafanhotos.

As lagartas de cartucho, explicou, estão sendo tratadas com métodos muito mais amigos do ambiente.

Um pouco por todo Cabo Verde, particularmente as ilhas agrícolas, tem chovido e a terra, segundo os agricultores, está completamente molhada.

PC/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos