Cabo Verde e Portugal assinam acordo conjunto bilateral no domínio da Educação e ODS

Cidade da Praia, 05 Mai (Inforpress) – Cabo Verde e Portugal assinam esta segunda-feira, na cidade da Praia, um acordo conjunto bilateral no domínio da Educação e no cumprimento de um dos pontos dos Objectivos do Desenvolvimento Sustentável.

Segundo um comunicado de imprensa, o acto de assinatura insere-se no âmbito do programa de implementação da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) e do Plano Nacional de Leitura (PNL).

O acordo conjunto bilateral, avança a mesma fonte, tem como propósito o desenvolvimento das competências dos domínios da leitura, o alargamento e aprofundamento dos hábitos de leitura e o cumprimento do ponto 4 do Objectivo do Desenvolvimento Sustentável, constante na Agenda 2030 das Nações Unidas.

O documento será assinado pela ministra da Educação, Maritza Rosabal, o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente, e o ministro da Educação de Portugal, Tiago Brandão Rodrigues.

O Plano Nacional de Leitura é um conjunto de estratégias e acções, que visa aumentar os níveis de literacia e os hábitos de leitura e escrita no país. Trata-se de uma iniciativa do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas e do Ministério da Educação, que são responsáveis pela sua concepção, desenvolvimento, seguimento e avaliação.

Entre as acções do referido plano estão a promoção da leitura em ambiente escolar, de forma orientada na sala de aula, bem como outros projectos orientados para o contexto da escola, da família, das comunidades locais e população em geral.

O plano que é desenvolvido por uma equipa coordenada pela Biblioteca Nacional, tutelada pelo Ministério da Cultura, e que na implementação das actividades irá envolver as escolas, bibliotecas municipais, universidades, centros de formação, autarquias, ONG, comunicação social e toda a sociedade civil.

CM/ZS

Inforpress/Fim.