• Save

Cabo Verde assume presidência do comité de direcção da Rede de Comissões Eleitorais da CEDEAO

Cidade da Praia, 08 Ago (Inforpress) – A presidente da Comissão Eleitoral de Cabo Verde foi eleita presidente do comité de direcção da Rede de Comissões Eleitorais da CEDEAO (ECONEC) durante a sua 6ª assembleia geral realizada, de 06 a 07 de Agosto em Abuja.

Maria do Rosário Gonçalves que vai presidir à ECONEC durante o período 2019/2021 sucede ao presidente da Comissão Eleitoral Nacional Independente da Nigéria (INEC), Mahmood Yakubu que esteve à frente da comissão nos últimos dois anos.

Segundo fonte da ECONEC, a anteceder o encontro, foi realizado o simpósio internacional sobre a Promoção da Inclusão no Processo Eleitoral, com o intuito de criar uma plataforma para discutir os marcos legais e as medidas práticas desejáveis ​​para melhorar a participação e representação de Mulheres, Jovens e Pessoas com Deficiência no processo eleitoral na África Ocidental.

Criado em 2008, a ECONEC tem por objectivo promover eleições livres e credíveis, promover organizações e administrações eleitorais independentes e imparciais, reforçar a confiança do público no processo eleitoral através de procedimentos eleitorais livres e credíveis, desenvolver uma cultura de profissionais eleitorais com integridade, senso de serviço público e compromisso com a democracia.

A mesma, pretende trazer ainda previsibilidade ao quadro de eleições, gerar compromisso com a promoção e consolidação da cultura democrática para criar um ambiente favorável à organização pacífica de eleições, incentivar a partilha de experiências, informação, tecnologia e documentos eleitorais pelos OGE (Organismos de Gestão Eleitoral) e a cooperação para o aperfeiçoamento das leis e práticas eleitorais.

Por outro lado, visa promover a harmonização gradual das leis e práticas eleitorais, conforme apropriado, aproveitando as boas práticas em questões eleitorais, racionalização e partilha de recursos para reduzir o custo da realização de eleições e melhorar as condições de trabalho de seus membros no cumprimento de seu mandato.

A rede esteve inoperacional durante alguns anos devido a falta de recursos e de um secretariado funcional, mas o último conselho administrativo eleito em 2017, conseguiu reverter a situação elevando a sua visibilidade com implementação demonstrável de actividades impactantes.

À margem da assembleia geral, Mahmood Yakubu, foi eleito como presidente honorário da ECONEC pela sua liderança exemplar dos últimos dois anos à frente da rede.

O evento contou com a participação do presidente do Senado da Nigéria, Senador Ahmad Lawan, presidente da Comissão da CEDEAO, Jean-Claude Kassi Brou, vice-presidente Finda Koroma, representante especial do Secretário-Geral e chefe do Gabinete das Nações Unidas na África Ocidental e do Sahel, Mohamed Ibn Chambas e chefe da União Europeia na Nigéria e na CEDEAO, Ketil Karlson.

Promovido pela Rede de Comissões Eleitorais da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) da ECONEC, e pela organização geral dos Organismos de Gestão Eleitoral na África Ocidental, o evento contou com a parceria da Comissão Nacional Eleitoral Independente da Nigéria (INEC), do Centro Europeu de Apoio Eleitoral (ECES) e o apoio financeiro da União Europeia e do governo alemão.

A próxima assembleia geral bienal da ECONEC irá realizar-se na cidade da Praia, Cabo Verde, em 2021.

AV/ZS

Inforpress/Fim