Bispo de Mindelo quer aposta séria na pastoral juvenil para o próximo ano pastoral

Ribeira Grande, 23 Set (Inforpress) – O bispo da Diocese de Mindelo, D. Ildo Fortes, recomenda uma “aposta séria” na pastoral juvenil a nível diocesano, paroquial e em todas as comunidades, durante o ano pastoral que começa em Outubro próximo.

D. Ildo Fortes assumiu, na habitual carta pastoral com que abre, todos os anos, o ano pastoral na Diocese de Mindelo, “o compromisso de fazer uma aposta séria na pastoral juvenil a nível diocesano” reconhecendo que o que finda foi “um excelente ano”, em que o pensamento, vontade e critérios pastorais voltados para a família.

Por isso, o prelado de Mindelo considera “legítimo e devido” dar muitas graças a Deus por tanta coisa boa vivida nas diferentes comunidades.

É com a família ainda como pano de fundo temático que a diocese pretende contemplar os jovens no seio desta, da Igreja e da sociedade, ao assumir que, de acordo com o Sínodo sobre a juventude, citado por D. Ildo Fortes, “a família continua a ser o principal ponto de referência para os jovens”.

Na sua Carta Pastoral deste ano, D. Ildo Fortes manifestou o desejo de que, no decurso deste ano pastoral, a Diocese possa “reinventar a nossa pastoral juvenil, dar vigor onde já existe algum dinamismo e ser criativo e audaz para lançar mão de uma pastoral juvenil séria, onde neste momento possa não existir”.

“Se a nossa juventude não for orientada para o bem, para alavancar o nosso mundo, ela converte-se num problema”, diz D. Ildo Fortes, constatando que se vive “num tempo onde há muitos oportunistas sem escrúpulos e as ameaças que se dirigem a esta faixa etária são preocupantes”, daí a opção por uma pastoral juvenil que oriente os jovens para a sua vocação de “bênção para a Igreja”.

HF/JMV

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap