ARES já invalidou cerca de 16 cursos superiores

Cidade da Praia, 17 Jan (Inforpress) – Agência Reguladora do Ensino Superior (ARES) já invalidou, desde que entrou em missão, no início do ano de 2019, cerca de 16 cursos superiores, conforme disse hoje o secretário de Estado da Educação, Amadeu Cruz.

O governante falava hoje à Inforpress, após um encontro com a Comissão Especializada de Educação, Cultura, Saúde, Juventude, Desporto e Questões Sociais (5ª Comissão) do Parlamento, na cidade da Praia.

“Temos a informação, que depois a agência reguladora, com a sua independência, pode certificar melhor, mas julgo que estarão em causa cerca de 16 ciclos de estudos, cursos superiores, que não foram validados pela agência reguladora”, afirmou.

Isto, no ponto de vista de Amadeu Cruz, significa que a agência reguladora “está a atenta” e a fazer o seu trabalho de verificação da conformidade dos ciclos de estudos em termos científicos ou pedagógicos, mas também a verificar as condições de realização desses cursos.

“Não havendo conformidade dos planos de estudo, ou não havendo condições de funcionamento desses cursos, a agência reguladora toma as decisões que acha mais adequadas a situação detectada”, frisou.

Aqui, entende Amadeu Cruz que só se pode “felicitar o trabalho da agência reguladora”.

GSF/JMV

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap